CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Bosco: um menu de receitas afetivas e amor à arquitetura

Massa com recheio de alcachofra, polvo e tábua de embutidos compõem o apetitoso cardápio da chef Natália Ebone

Por Marina Marques Atualizado em 15 jan 2022, 11h23 - Publicado em 15 jan 2022, 11h22

A memória afetiva está nas massas frescas, nos drinques e em todo o casarão que abriga o restaurante paulistano Bosco. Mas as surpresas vão além e envolvem até um feito de Oscar Niemeyer na parede. A seguir, é possível entrar nessa história saborosa contada pelo menu da chef ​​Natália Ebone

F

oi numa noite de outubro de 1996, embalada por música e pratos fartos – e provavelmente também muitas taças de vinho –, que o arquiteto Oscar Niemeyer decidiu, de forma despretensiosa, presentear as paredes de um casarão da década de 1940 com seus esboços. O espaço pertencia ao Buttina, restaurante aberto havia apenas dois meses no bairro de Pinheiros, em São Paulo.

Drinque 976
O drinque 976 é feito com vodca, aperol e espumante | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Hoje, 25 anos mais tarde, seus rabiscos permanecem intactos, agora emoldurados nas paredes que pertencem ao Bosco, italiano recém-inaugurado no mesmo endereço pela família Ebone. Um dos nomes mais importantes da arquitetura brasileira, Niemeyer, então com 89 anos, deixou eternizado na estrutura da casa o Museu de Arte Contemporânea de Niterói, uma de suas criações mais famosas e que havia acabado de ser concluída; do outro lado do hall, encontra-se uma mulher deitada, com linhas curvilíneas que assemelham-se a uma montanha.

Logo na primeira visita, ao ver os desenhos na parede, Felipe Ebone – sócio do negócio junto à irmã, Natália, e à mãe, Salete – decidiu que as curvas do artista iriam guiar a casa, do espaço físico ao cardápio. Na bancada do bar, desenhada em formato de onda, são feitos drinques autorais, como o próprio Niemeyer, coquetel que leva cachaça infusionada com cumaru, vermute e ginger ale.

Drinque Niemeyer
Para homenagear Niemeyer, o drinque que leva seu nome traz sabores ítalo-brasileiros. Ao vermute, é adicionado ginger ale e uma cachaça infusionada com cumaru, que dá um adocicado aroma à bebida (bandeja, Natural Gifts) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA
Drinque Bosco
O Bosco, drinque que leva o nome do restaurante, mescla redução de aceto balsâmico, suco de limão, licor e vinho branco. É uma das opções para acompanhar o menu sugerido pela chef Natália Ebone | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA
Drinque Albero
O toque do capim-limão transforma o Albero num drinque perfeito para os dias quentes – a bebida ainda leva gim, xarope de camomila e suco de limão | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Da cozinha saem pratos criados por Natália, que herdou da mãe a paixão pelo preparo de receitas. As massas, todas feitas artesanalmente, são resultado de muito estudo e testes feitos pela matriarca, que começou sua história vendendo massas há mais de 30 anos.

Burrata com favo de mel
Uma opção de entradinha, a burrata ganha toque especial com o favo de mel orgânico, trazido de pequenos produtores de Santa Catarina. Com a finalização do maçarico, o queijo e o mel derretidos mesclam-se num delicioso sabor agridoce (prato e bandeja de cerâmica, Olaria Paulistana; bandeja de madeira, Rusalen & Cia; taça, OpenBox2) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA
Flor de alcachofra com mascarpone e fonduta
A Flor de Alcachofra é uma massa que combina o coração do vegetal com mascarpone e fonduta de parmesão no recheio. A chef usa moldes para dar o delicado formato de flor em cada unidade (prato azul, Olaria Paulistana; prato marrom e cumbuquinha, Openbox2; taça e ralador, Utilplast; guardanapo e talheres, Villa Pano) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

“Quando era casada, gostava muito de receber os amigos para jantar. Eram eventos únicos, todo mundo amava. Então decidi abrir uma casa de massas e meus filhos sempre me acompanharam. Eles viveram nesse contexto de farinha e ovo”, brinca Salete sobre o negócio que teve início em Passo Fundo (RS), sua cidade natal. Em 2000, vieram para São Paulo e, desde então, estiveram unidos para fazer o empreendimento da família acontecer.

A chef Natália Ebone ao lado da mãe, Salete (em pé), e do irmão Felipe. Ao fundo é possível visualizar o croqui do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, feito de próprio punho por Oscar Niemeyer
A chef Natália Ebone ao lado da mãe, Salete (em pé), e do irmão Felipe. Ao fundo é possível visualizar o croqui do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, feito de próprio punho por Oscar Niemeyer (jogo americano, Villa Pano) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Os irmãos resolveram pincelar o cardápio do Bosco com criações que vão do Norte ao Sul da Itália, com opções para petiscar com os drinques da casa. É o caso do polvo, servido com acompanhamentos delicados que ressaltam o sabor do fruto do mar.

Polvo no azeite de tomilho
Delicado, o polvo acompanha ingredientes que realçam seu sabor. Na hora do preparo, a dica da chef é cozinhar o fruto do mar na pressão por exatos 7 minutos, garantindo assim que não fique borrachudo (prato, Stella Ferraz Cerâmica) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

“Costumamos brincar que nossa tábua parece uma tela de pintura, porque tem elementos que se completam visualmente. Além do gorgonzola, trouxemos ainda o canastra do Serjão, um queijo nacional premiado por três anos consecutivos e de sabor intenso incomparável”, comenta Natália sobre a tábua de embutidos, que inclui uma focaccia feita na casa.

Continua após a publicidade

Tábua do Bosco
Tábua do Bosco (bandeja de ardósia, Rica Festa; taça, Utilplast) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

A rotina da família é intensa, mas lidar com os ​​percalços certamente fica mais agradável dentro do casarão. Além dos rascunhos de Niemeyer, o espaço foi agraciado com um quintal nos fundos, restaurado pela própria Salete, e também por grandes ​​jabuticabeiras, herança do antigo estabelecimento. Foram apenas dois meses de obra até as portas se abrirem em novembro de 2021, logo após encerrarem uma empreitada anterior.

Merengue caseiro com frutas do bosque
O merengue exige paciência no preparo, já que é preciso assá-lo em temperatura baixa para dar certo. Mas cada colherada faz o processo valer a pena (copo, talheres e guardanapo, Tania Bulhões Home; pratos, Galpão Teo; molheira, Rosa dos Ventos; ralador, Utilplast) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA
Torta de chocolate com avelã
Chocolate 40% e avelãs transformam essa torta numa sobremesa irresistível para qualquer época do ano – ela fica ótima acompanhada de um bom café expresso ou suco refrescante (pratos e talheres, Galpão Teo; copos, Blue Gardenia; guardanapo, Valencien) | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

“Ver esse projeto pronto é um sentimento de recomeço, principalmente pelo setor gastronômico ter sido tão devastado pela pandemia. E trabalhar em família traz um sensação de que, no fim, dá tudo certo”, comenta Felipe. Em sintonia com o irmão mais velho, Natália compartilha esse entusiasmo em contar com os parentes na equipe. “Trabalhar junto tem seus problemas, como em todo relacionamento, mas funcionamos muito bem. O Felipe me entende no olhar e minha mãe soma muito pela experiência dela, acabamos nos complementando”, finaliza a chef.

Confira as receitas do menu preparado por Natália Ebone, do Bosco:

Drinque Bosco

Drinque Bosco
Drinque Bosco | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Drinque 976

Drinque 976
Drinque 976 | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Tábua do Bosco

Tábua do Bosco
Tábua do Bosco | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Burrata com favo de mel

Burrata com favo de mel
Burrata com favo de mel | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Drinque Niemeyer

Drinque Niemeyer
Drinque Niemeyer | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Polvo no azeite de tomilho

Polvo no azeite de tomilho
Polvo no azeite de tomilho | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Drinque Albero

Drinque Albero
Drinque Albero | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Flor de alcachofra com mascarpone e fonduta

Flor de alcachofra com mascarpone e fonduta
Flor de alcachofra com mascarpone e fonduta | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Torta de chocolate com avelã

Torta de chocolate com avelã
Torta de chocolate com avelã | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Merengue caseiro com frutas do bosque

Merengue caseiro com frutas do bosque
Merengue caseiro com frutas do bosque | Foto: Raphael Criscuolo/CLAUDIA

Texto: Marina Marques | Fotos: Raphael Criscuolo
Produção: Florise Oliveira | Concepção visual: Lorena Baroni Bósio

Continua após a publicidade

Publicidade