Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Oprah ganhou 40 milhões por entrevista com Meghan e Harry, diz site

Polêmica entrevista com os ex-membros da família real britânica vai ao ar neste domingo (7)

Por Da Redação Atualizado em 8 mar 2021, 09h56 - Publicado em 6 mar 2021, 14h15

A apresentadora Oprah Winfrey recebeu da rede de TV CBS um total de 7 milhões de dólares, o equivalente a quase 40 milhões de reais, para entrevistar o casal Príncipe Harry e Meghan Markle. As informações foram dadas pelo Wall Street Journal na última sexta-feira.

Acontece que o canal de TV CBS, que irá transmitir a entrevista, pagou uma licença no valor de 7 a 9 milhões de dólares pelos direitos de levar o especial ao ar. O dinheiro foi pago para a Harpo Productions, produtora responsável pela entrevista e que tem como dona justamente Oprah.

O jornal explica que o canal ficará com os lucros dos intervalos comerciais do programa. A CBS estaria pedindo US$ 325 mil (mais de R$ 1,8 milhão) por cada 30 segundos de publicidade durante os intervalos, de acordo com a publicação. Como parte do acordo entre a CBS e a produtora de Winfrey, a rede também tem direitos para licenciar o especial nos mercados internacionais.

Entrevista polêmica

A notícia da entrevista veio logo depois de o casal, que há pouco mais um ano decidiu renunciar às obrigações da Família Real, anunciou estar esperando o segundo filho. A entrevista, segundo a CBS, vai tratar de temas como maternidade, a vida sob constante pressão da opinião pública, em um primeiro momento, apenas com a presença de Meghan e Oprah. Em seguida, Harry se juntaria às duas para uma conversa sobre a mudança do casal para os Estados Unidos e os planos para o futuro do dois.

Meghan, Harry e Oprah
Harry e Meghan em entrevista inédita com Oprah. Foto: CBS/Reprodução

Uma das consequências de uma entrevista que desagrade à rainha poderia ser a perda de títulos que o casal ainda possui. O príncipe Harry poderia deixar seus títulos honorários militares de capitão general dos fuzileiros reais e de comandante honorário da Força Aérea, entre outros. Já Meghan é patrona do National Theatre, um título pessoalmente concedido pela rainha.

Por isso, uma fonte do jornal The Guardian diz que não é do interesse dos dois desagradar à rainha a ponto de terem esses títulos cortados. O que talvez seja mais provável, diz a reportagem, é que a distância, o casal mora na Califórnia (EUA) acabe os impedindo de exercer os papéis esperados enquanto detentores desses títulos e patronatos.

Entretanto, em uma das prévias da entrevista, o príncipe dá a entender que temia pela vida e bem-estar de Meghan e que ela tivesse um destino semelhante ao de sua mãe, a princesa Diana. Harry disse que seu “maior medo era que a história se repetisse.”

O especial de duas horas, programado para ir ao ar neste domingo (7) pela CBS, é a primeira entrevista do casal na televisão desde que se afastaram de seus papéis como membros da família real britânica. Um porta-voz do casal disse ao jornal norte-americano que Harry e Meghan não foram pagos para a entrevista.

  • Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

    Continua após a publicidade
    Publicidade