Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

“Se fosse homem teria medo de conversar com mulher”, declara Luana Piovani

A declaração foi revelada em um vídeo divulgado no canal da atriz

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2020, 11h50 - Publicado em 17 jan 2019, 12h52

Luana Piovani, 42 anos, contou que foi assediada por um diretor da Globo na época em que trabalhava na emissora. A revelação veio à tona através de um vídeo que foi publicado no canal da atriz no YouTube, na quarta-feira (16).

A ex-modelo relembrou de dois episódios em que se sentiu assediada. O primeiro foi quando tinha 18 anos e estava em São Paulo. Na época, um produtor de teatro tentou beijá-la após dar uma carona a ela depois de um jantar.

Leia também: Macaulay Culkin fala sobre a relação com Michael Jackson
+ Meghan Markle é chamada de gorda e dá resposta perfeita

“A segunda vez foi na Globo. Tava na sala de um diretor. Tinha outras pessoas comigo, outras atrizes. Ele olhou pra mim e falou ‘Luana’, bateu assim na perna [Luana gesticula batendo em sua perna, como se chamasse alguém para sentar em seu colo]”, contou a atriz no vídeo.

Luana conta que levou tudo na brincadeira mas que também fez uma brincadeira para colocar o homem em seu lugar. Ela disse que não se sentiu mal nem desrespeitada. A única coisa que pensou foi: “Ah, meu Deus, será que pode acontecer alguma coisa comigo?”.

Continua após a publicidade

A atriz preferiu não revelar o nome do diretor, apenas contou que ele não trabalha mais na emissora.

“Exagero”

Luana, no vídeo, também deu a sua opinião em relação ao machismo e ao assédio. “Não sou alguém que me incomoda muito com assédio, desde que não me toque. Inclusive, se a pessoa demorasse muito a entender, eu ia mesmo e assediava, nunca vi isso como problema.”, disse a ex-modelo.

Ela ainda afirmou achar “exagero” a forma com que o assédio é abordado hoje em dia:

“Acho um certo exagero o que tá rolando em relação ao assédio. Inclusive se eu fosse homem iria ficar com medo de conversar com mulher, por isso que tá todo mundo hoje usando o tal do aplicativo, acho terrível. Não tem nada melhor na vida do que paquerar.”

Continua após a publicidade

Confira o vídeo na íntegra:

Leia também: Cardiologista é acusado por 26 mulheres de abuso sexual

Jovem é preso por exigir imagens de abuso sexual entre mãe e bebê de 1 ano

Siga CLAUDIA no Instagram

Publicidade