Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Com mais tempo em casa, pode ser preciso ressignificar o lar

A arquiteta Duda Santos dá dicas de como deixar a casa mais aconchegante através da decoração e truques de organização

Por Da Redação - Atualizado em 23 set 2020, 14h40 - Publicado em 19 jul 2020, 09h00

Uma das discussões mais vistas durante a quarentena é sobre nossa relação com a casa. Por conta da pandemia do coronavírus, trouxemos o escritório para dentro de nossos lares e nos vimos obrigados a nos relacionar com nosso habitat de uma forma totalmente nova.

Quem não tinha escritório em casa se viu em apuros ao improvisar um cantinho para trabalhar em home office. Transformamos o quarto em academia e a varanda em praia. Passamos, então, a dar ainda mais valor para a praticidade e para os detalhes que deixam a casa mais aconchegante. Muitas vezes pequenas mudanças já ajudam a deixar o lar mais receptivo. E, aos poucos, conseguimos trazer a rotina de volta.

Mas, afinal, por onde começar? A arquiteta Duda Santos, do Casa Casada, dá algumas dicas de como trazer esse equilíbrio para dentro de casa – seja para trabalhar, usar como refúgio particular e também usufruir de momentos de relaxamento e descanso com a família. Confira:

CRIE UM CANTINHO PARA RELAXAR

Duda Santos - Casa Casada

Crie um cantinho só para relaxar e tente preservar o espaço somente para esses momentos, para acalmar a alma e fazer o que te dá prazer, como ler um bom livro,  navegar na internet ou desfrutar de um café. Uma mantinha jogada no braço do sofá, uma mesa para apoio de velas e xícaras, iluminação indireta com abajur ou luzinhas de Natal já são convite para um momento de relaxamento. Invista também em tapetes, para aquecer os pés, e um verdinho, que traz vida e alegra o espaço. Outra dica é agrupar os elementos essenciais para esse momento como velas e seu livro preferido numa bandeja. Assim, dá para levar seu cantinho de relaxamento para onde quiser com a bandejinha.

DEFINA SEU LOCAL DE TRABALHO

Para acomodar tantas atividades diferentes do nosso dia dentro de casa é essencial que os espaços tenham funções bem definidas. Não use o sofá de descanso para trabalhar, por exemplo, e não deite na cama para atender telefonemas comerciais. Essa mistura no uso dos espaços pode fazer com que  você não descanse direito e nem trabalhe direito. Isso influencia diretamente na sua produtividade e na sua energia.

Duda Santos - Casa Casada

Na foto, uma mesa de escritório foi posicionada estrategicamente atrás do sofá. Assim, a moradora trabalha e ainda tem toda a sala no seu campo de visão ideal para quem tem filhos pequenos e precisa observá-los durante o dia. Quando quer descansar, é só pular para o sofá, preservando o espaço do home office.

TENHA FLORES EM CASA

Duda Santos - Casa Casada
Duda Santos/Casa Casada/Divulgação

Flores trazem vida e alegram o ambiente. Além disso, o cuidado diário com a poda e a rega é uma terapia ocupacional que ajuda a descansar a mente. Juntei cinco vasinhos de orquídeas, escolhidas pela duração e beleza das flores, com tonalidades diferentes em um grande vaso que tinha em casa e o resultado foi um arranjo bem alegre, que coloquei na mesa de centro da sala. Para variar a decoração, tirei todos os adornos que estavam na mesa e deixei apenas o arranjo. Acredito que ele atrai todos os olhares de quem passa pela sala e irradia cor e vida.

Continua após a publicidade

CRIE UM ESPAÇO PARA SE EXERCITAR

Ficar em casa não deve ser sinônimo de ficar parado. Existem vários aplicativos que incentivam a prática diária de diversas atividades físicas e dão dicas de exercícios para quem está em casa. Escolha um deles, coloque uma boa música e arraste os móveis para criar seu cantinho de atividades físicas.

Duda Santos - Casa Casada
Duda Santos/Casa Casada/Divulgação

Nessa outra sala, tirei a mesa de centro e coloquei os equipamentos de ioga e malhação em uma cesta de palha para que ficassem sempre à mão. Como a ioga é uma prática assídua por aqui, ainda coloquei velas por perto para a prática de meditação. Além da mesa, vale arrastar cadeiras ou poltronas se você precisar de mais espaço. De quebra, você ainda cria um espaço livre para as crianças brincarem à vontade.

CRIE SUA PRÓPRIA HORTA

Duda Santos - Casa Casada
Duda Santos/Casa Casada/Divulgação

Ter uma horta em casa tem vários benefícios. Um deles é a praticidade de ter sempre por perto os temperos que a gente mais usa na cozinha sem correr o risco de perceber que eles acabaram justo quando o macarrão está no fogo. Além disso, manter uma mini-horta na cozinha já é suficiente para deixar o espaço muito mais charmoso de forma rápida e econômica.

Duda Santos - Casa Casada/Divulgação

Eu mesma criei minha hortinha. Escolhi três tipos de muda: pimenta, alecrim e manjericão. Coloquei num vaso que comprei na floricultura, com pedrinhas de argila e terra por cima, seguindo orientações dos especialistas no assunto. Ainda pretendo customizar o vaso com alguma pintura em tinta branca para dar um charme a mais.

Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva:

 

Continua após a publicidade
Publicidade