As mulheres estão transformando a cerâmica com pequenas produções em casa

As cerâmicas estão com tudo, conheça mulheres que transbordam talento e criatividade em peças incríveis

A técnica milenar da cerâmica conquista cada vez mais seguidoras. Pequenas produções, feitas até em fornos adequados em casa, dão origem a peças únicas, cheias de história e significado. Abaixo você confere artistas que escolheram a cerâmica para criarem suas artes, resultando em trabalhos totalmente distintos.

Ceramicas

 (Roberto Seba/CLAUDIA)

ARREDORES (@gypso.sp)

Foi uma viagem da dupla Tina Niessner e Débora Saraiva à Bahia que deu origem à coleção Cerâmicas do Mar (acima, à esquerda), com texturas e referências ao ambiente litorâneo – além do óbvio azul das águas. É comum que experiências das ceramistas virem inspiração para a produção de suas peças, a maior parte delas única. “Caso alguém queira algo repetido, a nova versão terá sutilezas próprias. Esse é o maior diferencial do nosso trabalho, nada sai igual”, conta Tina.

PERCEPÇÃO (@luli_atelie)

Transformar gestos comuns do cotidiano em ações menos mecânicas e mais significativas é a intenção de Ludmila Stievano ao criar suas
obras, como a coleção Formas (acima, no canto superior direito). “Cuidados como a atenção com a forma, com o material e a pesquisa de esmaltes impedem que a pessoa use uma xícara ou um prato de maneira automática, sem reparar nos detalhes”, diz a artista, que defende a conexão entre o dono e a peça.

GENUÍNO (@dbarros_ceramica)

Movimento constante e simplicidade guiam as produções da arquiteta Daniela Barros. Na coleção Ninho (acima, no canto inferior direito), sua marca registrada está no acabamento em espiral. Para ela, a graça da cerâmica é a possibilidade de seguir testando e aprendendo. Experimentando argilas diferentes, Daniela chegou ao delicado pratinho branco acima. “A capacidade de transformação da argila e
de mim mesma no processo é muito especial”, afirma.

Ceramicas

 (Roberto Seba/CLAUDIA)

RIGOROSO (@noniceramica)

Com acabamento perfeito, as peças de Fernanda Giaccio (na foto acima, no canto inferior esquerdo), criadora da Noni Cerâmica Artesanal, revelam uma característica de sua personalidade: o gosto pela disciplina. “A cerâmica é uma obsessão. Faço desenho e projeto, produzo peças piloto, corrijo, refaço”, explica. O resultado aparece na finalização delicada destes bowls e do copo.

LEVEZA (@allmeuredor)

Nos elementos da natureza, a arquiteta Rosiane Kusano encontra a complexidade de formas, texturas e cores que estimula a criação de suas peças na All Meu Redor – estas são da linha Respiro (as branquinhas) e Flow (no canto superior esquerdo). “O maior desafio, ou fascínio, é não ter controle sobre o resultado e aceitar o tempo do processo.”

ENTREGA (@oliveceramica)

Paixão à primeira vista. Assim Sofia Oliveira descreve sua relação com a cerâmica. Por esse amor, ela largou a carreira numa agência de publicidade e criou a Olive Cerâmica. As louças esmaltadas da coleção Flocos (na foto acima, à direita) têm estampa de pintinhas, uma de suas favoritas, e tom intenso. “Quem busca uma peça minha quer levar meu olhar pra casa”, diz.

TEXTO E PRODUÇÃO Marina Maques | FOTOS Roberto Seba | CONCEPÇÃO VISUAL Lorena Baroni Bósio

 

Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

%d blogueiros gostam disto: