Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Frieza e educação marcam despedida de William, Harry, Meghan e Kate

Irmãos e cunhadas chegaram e saíram separados, cumprimentando-se friamente quando estiveram juntos

Por Da Redação - Atualizado em 9 mar 2020, 22h33 - Publicado em 9 mar 2020, 17h56

Como era de se esperar, cada gesto, olhar ou respiração foram observados em detalhes. O reencontro em evento oficial – o último de Meghan Markle, príncipe Harry, Kate Middleton e príncipe William antes do afastamento dos Sussex Royal – foi marcado pela educação e distância. Para quem acompanha a novela, o gestual indicou que ainda há mágoa entre eles. E a cerimônia do Commonwealth Day terminou sem uma opção de fotos dos ex-fab four juntos.

Meghan e Harry chegaram antes que William e Kate, transbordando em simpatia e felicidade. Diferentemente dos anos anteriores, em que tiveram que esperar pela Rainha, o casal foi direcionado rapidamente aos seus lugares dentro da Westminster Abbey.

William e Kate ficaram na fila da frente, ao lado da Rainha, do príncipe Charles e Camilla Parker Bowles. “Oi”, disse Meghan, acenando ao cunhado, que respondeu e sentou-se em seguida. Harry olhou para o irmão em um sorriso contido, também limitando-se a dizer:”olá”. Para Kate, ele cresceu um pouco mais o sorriso. A partir daí, os casais não interagiram mais.

William e Kate conversaram com os tios, príncipe Edward e Sophie Rhys-Jones, mas não trocaram nenhuma palavra com Meghan ou Harry.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Diferentemente de Harry e Meghan, que raramente citam ou postam fotos de William e Kate em sua conta do Instagram, a conta do Kensington Royal incluiu fotos de Meghan e Harry, separadamente, no post sobre o evento oficial.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

The Duke and Duchess of Cambridge joined The Queen and Members of @TheRoyalFamily for the annual #CommonwealthDay Service at Westminster Abbey. The Commonwealth represents a global network of 54 countries working in collaboration towards shared economic, environmental, social and democratic goals — the Commonwealth theme for 2020 is Delivering A Common Future: Connecting, Innovating, Transforming. Her Majesty The Queen was 26 years old when she became Head of the Commonwealth in 1952 — important symbolic and unifying role. As Head, Her Majesty personally reinforces the links by which the Commonwealth joins people together from around the world. From working to protect the earth's natural resources and preserving the planet for generations to come, to championing fair trade and empowering the youth of today to transform the communities of tomorrow, this year’s Service celebrated the Commonwealth's continued commitment to delivering a peaceful, prosperous and more sustainable future for all. #CommonwealthDelivers

A post shared by Duke and Duchess of Cambridge (@kensingtonroyal) on

 

Continua após a publicidade

O carinho e apoio de Meghan e da Rainha

Se o clima ainda não está dos melhores entre Harry e William, pelo menos com a avó aparentemente está tudo bem. Ela almoçou sozinha com Harry antes da chegada de Meghan à Inglaterra e os convidou pessoalmente para a acompanharem à missa no domingo (8). Convite aceito, claro. A Rainha assegurou a Harry que, caso ele mude de ideia, poderá voltar imediatamente para a família sem ressentimentos. Em mais um look coordenado com Meghan, Harry também coordenou com a avó hoje (9). Sua gravata era da cor do vestido dela.

 

Continua após a publicidade
Chris Jackson/Getty Images/Getty Images

Especialistas avaliaram que hoje Harry estava mais tenso do que Meghan, mal conseguindo sorrir enquanto estava perto do irmão. A duquesa em mais de uma oportunidade fez um carinho nas costas do marido para sinalizar o seu apoio. Ao entrarem no carro para voltar para Windsor, alguns jornalistas conseguiram ver que Meghan puxou a mão de Harry firme, um gesto de comemoração. Agora é o futuro independente que eles tanto lutaram para ter.

Continua após a publicidade

Meghan e Harry agora terão algumas semanas ainda de negociação final do afastamento, mas a partir do dia 1º de abril não serão mais parte oficial da Família Real. Segundo a imprensa britânica, eles devem voltar para o Canadá nos próximos dias.

Ouça agora

 

Continua após a publicidade
Publicidade