Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vestido de casamento de Lady Di está no centro de uma luta judicial

Casal de estilistas que projetavam roupas para Princesa Diana está em pé de guerra. Entenda

Por Da Redação 20 jan 2021, 15h05

Elizabeth e David Emanuel, o casal que criou o vestido de noiva da princesa Diana, estão em luta judicial pelos esboços de roupas criadas especialmente para a princesa. Os projetos foram colocados em um leilão, chamado Passion for Fashion, por Elizabeth, e incluem o vestido do matrimônio de Lady Di e príncipe Charles, em 1981. O casal de estilistas está divorciado desde os anos 90.

David Emanuel solicitou uma ordem judicial para impedir Elizabeth de vender os esboços, o que infringiria seus direitos autorais sobre os desenhos.  De acordo com a ação judicial, o designer também solicitou que as cópias “ofensivas” de seus esboços, que foram feitas por sua ex- mulher para serem leiloadas, fossem destruídas. O processo também é contrário a Kerry Taylor Auctions, em Londres, que tem os desenhos retratados em seu site.

  • David alega que os leilões ocorreram sem o seu consentimento e violaram um acordo entre ele e sua ex-mulher estabelecido em 1990. Ambos não poderiam usar projetos que fizeram em conjunto para benefício próprio de seus negócios. Ele já havia se queixado outras vezes da utilização de projetos não autorizados.

    Além do vestido de noiva de Lady Di, também estão na disputa a “blusa de chiffon com gola de babados e cetim”, que Diana usou na foto oficial de noivado de Lord Snowdon para a Vogue, um “vestido para a noite de seda verde”, que ela usou em 1985, o “vestido para noite de tafetá preto com lantejoulas” de seu primeiro noivado oficial com Charles em 1981; entre outros projetos.

    Elizabeth e a casa de leilões contestam que violam os direitos autorais de David.

    Continua após a publicidade
    Publicidade