CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Lady Gaga usa vestido deslumbrante em estreia de House of Gucci

A cantora falou sobre seu "relacionamento romântico" com sua personagem em House of Gucci

Por Da Redação 10 nov 2021, 15h06

Na estreia do filme House of Gucci de Ridley Scott, Lady Gaga roubou a cena com seu look deslumbrante e contando que “viveu” como sua personagem por meses durante as filmagens. A cantora também fez revelações sobre suas escolhas de moda mais impactantes ao longo dos anos.

Os holofotes estavam virados para Lady Gaga e seu vestido roxo na estreia do filme na última terça-feira (9), em Londres. O look da Gucci, é claro, conta com uma longa fenda que se aproxima do quadril e um corte estratégico.

A peça integra a coleção comemorativa de 100 anos da Gucci, que foi inspirada na cena hollywoodiana. As roupas destacam e mesclam a criatividade e a cultura das cidades, se mostrando prontas para voltar às ruas após a pandemia de Covid-19.

Lady Gaga
Samir Hussein/Getty Images

Ao caminhar pelo tapete vermelho no traje monocromático, a estrela disse que mergulhou profundamente no papel e sugeriu que houve alguns exageros na mídia sobre seu método de atuação.

“Eu realmente sinto de algumas maneiras que meu processo foi transformado em algo sensacionalista. Mas não gosto de mentir sobre meu trabalho e meu processo. Então, o que direi é: sou uma romântica quando se trata de arte”, disse a atriz em entrevista à Reuters. 

Continua após a publicidade

No filme, Lady Gaga vai interpretar Patrizia Reggiani, ex-esposa de Maurizio Gucci, personagem de Adam Driver, o fundador da Gucci. Ela é acusada de assassinar seu marido.

Lady Gaga, Adam Driver e Jared Leto
Lady Gaga, Adam Driver e Jared Leto na estreia de House of Gucci Samir Hussein/Getty Images

“Tive uma relação amorosa com a minha personagem, Patrizia. Tive um relacionamento romântico com o roteiro e mergulhei de cabeça neste mundo porque ela não é nada como eu … Não sei de onde vieram 18 meses [de preparo e gravação]. Nove meses, sim, mas o dobro, não sei”, contou.

A cantora já havia falado sobre a “dificuldade psicológica” que teve ao assumir o papel de Patrizia, que, na vida real, foi condenada por arquitetar o assassinato do marido após o fim do casamento.

“Eu estava no meu quarto de hotel, vivendo e falando como Reggiani, ou estava no set, vivendo e falando como ela. Lembro que um dia fui à Itália de chapéu para passear. Fazia cerca de dois meses que não saía para caminhar e entrei em pânico. Eu pensei que estava no set de um filme”, contou Lady Gaga à Vogue britânica. 

Continua após a publicidade

Publicidade