CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Por que Kate Middleton está à procura de crianças nascidas nesta década

A duquesa de Cambridge visitou uma universidade do Reino Unido para prestigiar o começo de um novo estudo

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 09h42 - Publicado em 6 out 2021, 10h30

Nesta terça-feira (5), Kate Middleton resolveu visitar o Centro de Estudos Longitudinais da Universidade de Londres para aprender mais sobre pesquisas e estudos referentes ao bem-estar das crianças.

Atualmente, o local desenvolve o projeto “Children of the 2020” (em tradução livre, “Criança da década de 2020”), que tem a finalidade de acompanhar a rotina de pequenos cidadãos a partir dos nove meses até os cinco anos de idade. A pesquisa terá foco nos nascidos no Reino Unido e irá observar até 8 mil famílias a partir de janeiro de 2022.

Veja também: Kate e William quebram maldição de casamentos conturbados na realeza

Com a pesquisa, os estudantes da instituição pretendem entender como diversas intervenções atrapalham no desenvolvimento social, cognitivo e inicial da linguagem das crianças. Outro ponto analisado também é o ambiente estudantil e como as vivências de casa atrapalham no aproveitamento desta aprendizagem.

Em um comunicado, Kate parabenizou o centro de estudos pela pesquisa. “ilustrará a importância dos primeiros cinco anos e fornecerá percepções sobre os aspectos mais críticos da primeira infância, bem como os fatores que apoiam ou dificultam resultados positivos ao longo da vida”, pontuou a duquesa.

Ela também lembrou como a atenção com a primeira infância é essencial para o autodesenvolvimento das crianças. Para Kate, essa fase “molda nossa vida adulta. Saber mais sobre os impactos neste momento crítico é fundamental para entender o que nós, como uma sociedade, podemos fazer para melhorar nossa saúde e felicidade futuras “, destacou.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade