Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Jolie relata violência doméstica em processo de divórcio de Brad Pitt

Os filhos da atriz podem ser usados como testemunhas, segundo o site The Blast

Por Da Redação Atualizado em 26 mar 2021, 08h33 - Publicado em 17 mar 2021, 23h15

A separação de Angelina Jolie e Brad Pitt, que foi anunciada em setembro de 2016, mas segue até hoje sob análise da Justiça, teve uma dura revelação nesta quarta-feira (17). Segundo o site The Blast, a atriz Angelina Jolie apontou no processo de divórcio do ator Brad Pitt casos de violência doméstica.

Ainda neste semestre, Jolie deve apresentar provas para essas acusações contra o ex-marido na próxima audiência do processo. Além da separação de bens, que é a responsável pelo longo período do processo, a guarda dos filhos também está em questão em um outro processo, iniciado no fim de 2016.

Os filhos do casal podem ser usados como testemunha das agressões relatadas pela atriz, de acordo com o veículo. Maddox, 19 anos, Pax, 17 anos, e Zahara, 16 anos, podem decidir se querem ou não participar da sessão por conta da idade. Já Shiloh, 14 anos, e os gêmeos Knox e Vivienne, 12 anos, precisariam da autorização do pai e da mãe.

Essa não é a primeira acusação de agressão direcionada a Pitt. Após a separação de Jolie, a imprensa noticiou que um episódio de violência dele contra o filho Maddox durante uma viagem em um avião particular da família. Porém, o ator foi inocentado após investigação do Departamento de Serviços da Criança e da Família da Polícia de Los Angeles.

  • Como conviver com a endometriose

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade