Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Netflix compra filme com Zendaya, gravado secretamente na pandemia

O longa foi escrito e dirigido por Sam Levinson, criador da série Euphoria

Por Da Redação - Atualizado em 16 set 2020, 12h31 - Publicado em 14 set 2020, 14h40

A Netflix fechou um contrato de 30 milhões de dólares pelos direitos do filme Malcolm & Marie, dirigido por Sam Levinson e estrelado por Zendaya e John David Washington. Zendaya e Levinson trabalharam juntos na série Euphoria, criada por ele. A atriz pediu ao diretor para escrever e dirigir um filme com ela durante a pandemia, enquanto as gravações da série não voltavam. O longa foi filmado secretamente durante os dias 17 de junho e 2 de julho completamente em preto e branco e seguindo protocolos rígidos de higiene aprovados pelos principais sindicatos da indústria. 

O enredo conta a história de Malcolm, um cineasta interpretado por John David Washington, que volta para casa com sua namorada Marie, interpretada por Zendaya, depois de estrear um filme que promete ser um sucesso de bilheterias e com a crítica. A noite muda repentinamente quando revelações sobre seus relacionamentos começam a vir à tona.

Após a compra dos direitos do filme, o diretor afirmou estar muito grato por poder trabalhar ao lado de seus colegas de Euphoria mesmo em tempos tão incertos e difíceis. “Somos privilegiados por termos feito esse filme juntos com muito amor. Estamos todos muito felizes com a parceria com a Netflix, conhecia por dar liberdade aos cineastas para contarem suas histórias da maneira que preferirem para todo o mundo”, disse.

Uma porcentagem dos lucros com Malcolm & Marie será doada para a instituição Feeding America, que já oferece alimentos para pessoas em situações de necessidade. O filme foi gravado com um orçamento baixo e a venda para Netflix provavelmente também ajudará a pagar alguns dos membros da equipe de filmagem.

A compra do filme faz parte de um conjunto de outras negociações feitas pela Netflix nas últimas semanas. Antes, o serviço de streaming já havia comprado os direitos do filme Bruised, de Halle Berry, por 20 milhões de dólares e Pieces of a Woman, estrelado por Vanessa Kirbey, que levou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Veneza.

O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

 

Continua após a publicidade
Publicidade