Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Copa do Mundo: receitas típicas dos países para saborear

Conheça os pratos típicos de alguns países que participam da Copa do Mundo Feminina de 2023, na Austrália e Nova Zelândia

Por Da Redação
Atualizado em 24 jul 2023, 14h29 - Publicado em 24 jul 2023, 14h26

A Copa do Mundo Feminina 2023 já começou e, para entrar no clima, nada melhor do que ir pelo caminho da gastronomia! Além de preparar petiscos práticos para receber os amigos e acompanhar os jogos, que tal aprender mais sobre o os pratos típicos dos países que participam da competição mundial de futebol, além de aprender a preparar alguns deles?

Abaixo, listamos as comidas mais emblemáticas de cada país, desde preparos populares no mundo todo, como a paella espanhola, até especialidades regionais, como o jollof rice, da Nigéria. Confira a seguir:

Grupo A da Copa do Mundo feminina 2023 

Pavlona
Pavlova é a sobremesa típica da Nova Zelândia. (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

A Pavlova é uma sobremesa de merengue crocante por fora e macio por dentro, coberto com chantilly e frutas frescas. Bastante apreciada na Nova Zelândia, um dos países que sediam a competição, ela é deliciosa e prática de fazer. Aprenda abaixo. 

Ingredientes:

2 clara de ovo grandes;
1 1/2 grama de açúcar (270 g);
1 1/2 colher (chá) de amido de milho;
1 colher (chá) de vinagre;
1/2 colher (chá) de essência de baunilha;
1/4 xícara (chá) de Ááua fervente (60 ml);
1 xícara (chá) de creme de leite fresco (240 ml);
Frutas vermelhas a gosto;
4 colheres (sopa) de groselha.

Modo de preparo: Preaqueça o forno em temperatura média, a 180 ºC. Forre uma assadeira grande com papel-manteiga e, usando um prato de 22,5 cm de diâmetro como molde, trace com um lápis um círculo sobre ele. Reserve. Na batedeira, em velocidade baixa, bata as claras, o açúcar, o amido, o vinagre e a baunilha até misturar bem (cerca de 3 minutos). Acrescente a água de uma vez e, em velocidade alta, bata até obter um merengue (cerca de 15 minutos). Com uma colher, espalhe o merengue no círculo desenhado no papel, formando um disco uniforme. Reduza a temperatura do forno até 100 ºC.

Leve ao forno, preaquecido, deixando a porta semiaberta com a ajuda do cabo de uma colher de pau, até o merengue ficar firme, sem dourar (cerca de 40 minutos). Desligue a chama, mas mantenha o merengue no forno por cerca de mais 1 hora. Retire e deixe esfriar completamente. Descarte o papel e transfira o merengue para um prato. Na batedeira, bata o creme de leite até obter picos macios. Espalhe sobre o merengue. Cubra com as frutas e sirva.

Continua após a publicidade

Pratos típicos dos demais países do grupo A:

  • Noruega – Laks: salmão defumado, muitas vezes servido com pão e molho de mostarda.
  • Filipinas – Adobo: geralmente é feito com frango ou carne de porco em molho com vinagre, alho, louro, pimenta, óleo e molho de soja, o shoyu.
  • Suíça – Raclette: um prato de queijo derretido, normalmente servido com batatas, picles e cebolas.

Grupo B da Copa do Mundo feminina 2023 

poutine
Batata frita Poutine é típica do Canadá. (Carol Gherardi/CLAUDIA)

No Canadá, país do grupo B, temos o delicioso poutine – um prato de batatas fritas cobertas com queijo coalho e regadas com molho de carne. Que tal experimentar uma versão em casa?

Ingredientes:

80 g de batata asterix sem casca, ralada como batata palha;
Óleo para fritar;
50 g de demi-glace (caldo de carne concentrado encontrado em supermercados);
100 g de queijo muçarela de búfala ralada grosso;
Cebolinha picada a gosto;
Sal a gosto.

Modo de preparo: Em uma panela, frite a batata em óleo quente até dourar. Retire e deixe escorrer sobre papel-toalha. Em um prato, disponha metade da batata palha e regue com metade do molho demi-glace. Cubra com metade da muçarela de búfala e da cebolinha picada. Repita o procedimento com o restante dos ingredientes. Tempere com sal e sirva logo.

*Receita cedida pelo restaurante Fat Cow, em São Paulo. 

Pratos típicos dos demais países do grupo B:

  • Austrália – Meat Pie: uma torta recheada com carne, tradicionalmente servida com molho de tomate ou molho gravy.
  • Irlanda – Boxty: uma espécie de panqueca feita com farinha e batata crua ralada finamente.
  • Nigéria – Jollof Rice: um prato de arroz cozido com tomate, cebola e diversos temperos, geralmente acompanhado de frango ou peixe.

Grupo C da Copa do Mundo feminina 2023

Paella
Paella é típica da espanha. (Sandra Wei/Unsplash)

E como não amar uma boa paella? Preparada com arroz e frutos do mar, como camarão, lula e mariscos, além de frango ou coelho, temperado com açafrão, essa delícia é típica da Espanha.

Continua após a publicidade

Ingredientes:

1/3 xícara (chá) de azeite;
4 colheres (sopa) de alho picado;
1 xícara de cebola picada;
1 xícara (chá) de pimentão vermelho picado;
1 xícara (chá) de pimentão amarelo picado;
1 xícara (chá) de pimentão vermelho;
1 litro de leite de coco;
1/3 xícara (chá) de molho de tomate;
Sal a gosto;
2 litros de caldo do cozimento do polvo;
500 g de carne de siri cozida;
500 g de vôngole ou sururu cozido;
2 envelopes de paelleiro (tempero para paella com açafrão, encontrado em supermercados);
1 kg de arroz bomba (arroz para paella);
Salsinha a gosto;
15 tentáculos de polvo cozidos;
15 unidades de cauda de lagosta grelhadas;
15 camarões grelhados;
30 anéis de lula salteados molho de tabasco a gosto.

Modo de preparo: Em uma frigideira bem grande com azeite, refogue o alho em fogo baixo até começar a dourar. Junte a cebola e os pimentões e cozinhe por aproximadamente 30 minutos ou até que os vegetais estejam bem cozidos. Acrescente o leite de coco, o molho de tomate e o sal. Continue cozinhando e mexendo de vez em quando para não grudar no fundo da panela. Acrescente o caldo de polvo, o siri, o sururu e o paelleiro. Acrescente o arroz e a salsinha e mexa sem parar até cozinhar e absorver quase todo o caldo. Disponha os frutos do mar já grelhados por cima. Cubra com papel alumínio e aguarde que aqueçam. Finalize com a pimenta tabasco, regue com azeite e sirva.

*Receita do chef Wanderson Medeiros (Picuí)

Pratos típicos dos demais países do grupo C:

  • Croácia – Peka: mistura de vegetais, incluindo batatas, e carne polvilhada com ervas e regada com azeite. É feito numa panela de ferro, levado para uma churrasqueira e cozido de 3 a 4 horas.
  • Zâmbia – Nshima: mingau feito a partir de farinha de milho e com acompanhamentos diversos.
  • Japão – Missoshiro: sopa preparada à base de pasta de soja e dashi, que é o caldo de peixe e tofu, normalmente consumida quente no café da manhã ou antes do prato principal.

Grupo D da Copa do Mundo feminina 2023 

Receita de fish and chips (peixe e fritas)
Receita de fish and chips (peixe e fritas) (| Foto: Divulgação/Divulgação)

Na Inglaterra, o peixe frito servido com batatas fritas – conhecido como fish and chips – é extremamente popular, geralmente servido junto de purê de ervilhas e outros pequenos acompanhamentos. Vamos aprender?

Ingredientes
Para o molho tártaro
30g de pepinos em conserva picados;
10g de alcaparras picadas;
1/2 cebola pequena picada;
Salsa picada e pimenta-do-reino fresca a gosto;
Raspas e suco de 1/2 limão-siciliano;
1 xícara de maionese.

Continua após a publicidade

Para o purê de ervilhas
100g de ervilhas cozidas;
1/2 xícara de leite de coco;
Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Para as batatas
400g de batata palito congelada;
Óleo de coco em spray.

Para o peixe
4 filés de linguado com 150g cada um, sem pele (pode substituir por bacalhau fresco, abrótea ou tilápia);
Sal e pimenta-do-reino a gosto;
Óleo para fritar.

Para empanar
100g de coco ralado sem açúcar;
100g de farinha de coco;
100g de amido de milho;
3g de fermento biológico seco;
400ml de cerveja Pilsen;
Sal a gosto.

Modo de preparo
Prepare o molho tártaro: Tempere a maionese com os ingredientes e sirva o molho como acompanhamento.

Continua após a publicidade

Prepare o purê: Bata todos os ingredientes no processador ate virar um creme.

Prepare as batatas: Coloque-as na fritadeira elétrica preaquecida a 180°C e passe um pouco de óleo de coco. Frite por 30 minutos ou até dourar. Reserve.

Prepare o peixe: Bata os ingredientes secos no liquidificador até ficar bem fino e coloque num bowl de inox e reserve. Junte o fermento e a cerveja e deixe agir por cerca de 5 minutos. Adicione a cerveja aos secos, misture bem e deixe a massa fermentar por cerca de 1 hora em temperatura ambiente. Tempere o peixe com sal e pimenta, mergulhe na massa e frite por imersão no óleo a 160°C. Sirva o peixe e as fritas com o molho tártaro e uma fatia de limão.

*Receita cedida pelo chef Thiago Ribeiro

Pratos típicos dos demais países do grupo D:

  • Haiti – Griot: feito com pernil frito e marinado, acompanhado de banana-da-terra frita.
  • Dinamarca – Smørrebrød: um sanduíche aberto composto normalmente de peixe ou carnes frias e salada, servidos sobre um pão tipicamente dinamarquês, denominado rugbrød.
  • China – Dim Sum: uma variedade de pequenos pratos, como rolinhos primavera, bolinhos de massa, dumplings e muito mais, servidos em cestas de bambu.

Grupo E da Copa do Mundo feminina 2023

Mac and Cheese
Mac and Cheese (Iancu Cojocar/Getty Images)

Nos Estados Unidos, um dos pratos mais típicos é o Mac & Cheese: uma massa cremosa feita com macarrão tipo caracol, creme de leite e queijo parmesão.

Continua após a publicidade

Ingredientes: 

2 xícaras (chá) de macarrão caracol;
2 colheres (sopa) de azeite;
1 colher (sopa) de manteiga;
1 colher (café) de açafrão;
200ml de creme de leite;
200g de requeijão;
200g de cheddar;
100g parmesão ralado;
300g de bacon picado.

Modo de preparo: Cozinhe o macarrão em água com uma pitada de sal até ficar al dente e reserve. Frite o bacon e reserve. Na mesma frigideira, adicione uma colher de azeite e uma colher de manteiga, adicione o creme de leite, o açafrão, o requeijão, o cheddar e o parmesão. Mexa bem até ficar um creme homogêneo, misture o macarrão. Acomode em um prato e finalize com o bacon por cima e pronto.

*Receita do chef Melchior Neto

Pratos típicos dos demais países do grupo E:

  • Vietnã – Phở: uma sopa de noodles servida em um caldo aromático com pedaços de carne e ervas frescas.
  • Holanda – Stroopwafel: bolacha fina recheada com caramelo, perfeita para acompanhar uma xícara de chá ou café.
  • Portugal – Alheira: um embutido de carne, tradicionalmente de aves e porco, temperado com alho e especiarias, como páprica e pimenta.

Grupo F da Copa do Mundo feminina 2023

sancocho
Sancocho de frango. (Divulgação/Divulgação)

No Panamá e na Colômbia, encontramos o sancocho, um tipo de sopa feija com partes do frango, mandioca, batata, coentro, inhame, cebola e condimentos.

Ingredientes:

1 frango inteiro em pedaços (descarte apenas a carcaça);
3 dentes de alho picados;
3 talos brancos de cebolinha;
3 tomates maduros picados;
Sal e pimenta-do-reino moída a gosto;
3 bananas-da-terra (verdes, de preferência) em bastões,
1/2 quilo de mandioca em bastões;
3 espigas de milho em pedaços;
1/2 quilo de batata em bastões;
1 quilo de abóbora cabotiá em bastões;
3 colheres (sopa) de coentro picadinho.

Para o hogao

1/2 quilo de tomate picadinho;
1/2 quilo de cebola picadinha;
2 dentes de alho picadinhos;
1/4 de xícara de azeite;
Sal a gosto.

Modo de preparo: Em uma panela com 1 litro e meio de água, cozinhe em fogo médio o frango com o alho, a cebolinha, o tomate, sal e pimenta por dez minutos. Junte a banana, a mandioca e o milho. Tampe e cozinhe por 20 minutos. Adicione a batata e a abóbora. Ferva por 15 minutos ou até que o frango fique macio – não deixe que os legumes desmanchem. Finalize com o coentro, misture e reserve.

Prepare o hogao: Em uma panela, em fogo médio, refogue todos os ingredientes por dez minutos. Sirva como acompanhamento.

* Receita de Yurley Pineda

Pratos típicos dos demais países do grupo F:

  • França – Coq au Vin: um prato tradicional francês preparado com frango cozido em vinho tinto, acompanhado de legumes e cogumelos.
  • Jamaica – Jerk: consiste em um método de defumação da carne, a qual é marinada previamente em diversos temperos típicos do país.
  • BrasilFeijoada: prato típico do Rio de Janeiro, mas que é muito consumida em todo Brasil, sendo considerada, assim, um dos pilares da gastronomia do país. A típica feijoada completa é aquela que leva todas as carnes salgadas (costela, linguiças variadas, carne seca, pé, orelha, rabo, lombo, bacon), servidas com rodelas de laranja, couve refogada no alho, arroz e farofa.

Grupo G da Copa do Mundo feminina 2023

risoto aos 4 queijos
Risoto é típico da Itália. (Divulgação/Divulgação)

Para além das massas deliciosas, a Itália é berço do risotto: arroz cremoso cozido com caldo e diversos ingredientes, como queijo, cogumelos, frutos do mar e açafrão. Abaixo, você aprende uma versão de quatro queijos que é de dar água na boca.

Ingredientes:

2 xícaras (chá) de arroz arbório:
1/4 xícara (chá) de azeite de oliva;
1/2 xícara (chá) de cebola ralada;
3 dentes de alho;
1/2 xícara (chá) de vinho branco seco;
1 litro de caldo de carne quente;
1/2 xícara (chá) de queijo prato picado.

Modo de preparo: Aqueça o azeite e doure a cebola e o alho. Junte o arroz e refogue até começar a grudar na panela. Tempere com o sal, adicione o vinho e, sem parar de mexer, acrescente o caldo de carne em conchas. Mexa até praticamente todo o líquido ser absorvido, para adicionar mais caldo. O arroz deve ficar macio, porém firme, e com aspecto de empapado. Junte os queijos em pedaços e mexa até eles derreterem. Polvilhe com a pimenta e sirva.

Pratos típicos dos demais países do grupo G:

Köttbullar
Köttbullar (Roberto Rizzi/Getty Images)
  • Suécia – Köttbullar: almôndegas suecas, normalmente feitas com carne moída e servidas com molho cremoso de creme de leite.
  • África do Sul – Biltong: parecido com a carne-seca brasileira, é preparado à base de tiras de carnes, que são salgadas e deixadas para secar ao sol.
  • Argentina – Asado: tradicional churrasco argentino, com cortes de carne bovina grelhados na brasa.

Grupo H da Copa do Mundo feminina 2023

cuscuz marroquino
Couscous é iguaria típica do Marrocos. (Anne DEL SOCORRO/Getty Images)

O Marrocos é lar do couscous, feito no vapor, na cuscuzeira. Os grãos são esfregados com as mãos e água de especiarias, para ativar o sabor. O vapor do cozimento é um caldo de legumes e carne, e geralmente é servido com carnes e vegetais. Vamos aprender uma versão?

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de cebola picada;
2 colheres (sopa) de manteiga;
100 g de cuscuz marroquino hidratado conforme as instruções da embalagem;
1/2 cenoura cortada em cubinhos;
2 colheres (sopa) de salsinha picada;
1 colher (sopa) de azeite de oliva;
Suco de 1 limão;
al e pimenta vermelha picada a gosto;· 4 colheres (sopa) de amêndoa laminada torrada;
Ciboulette e mini agrião para decorar.

Modo de preparo: Em uma panela, frite a cebola na manteiga até murchar. Adicione ao cuscuz hidratado. Acrescente a cenoura e a salsinha. Tempere com o azeite, o suco de limão, sal e pimenta vermelha a gosto. Junte as lâminas de amêndoa, decore e sirva.

Pratos típicos dos demais países do grupo H:

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.