Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Com criatividade, artesãos transformam a madeira em peças fascinantes

Conheça o trabalho de artesãos brasileiros que, com muita dedicação, encontraram na madeira uma bela forma de expressar seus trabalhos

Por Marina Marques - Atualizado em 9 jun 2020, 14h09 - Publicado em 13 jun 2020, 09h00

Matéria-prima abundante, a madeira é reutilizável, muito versátil e pode ter ciclo de vida sustentável. Com acabamento cuidadoso dado por artesãos, as peças fascinam pela criatividade e elegância.

LUZ E FORMA

Decoração madeira
Luminária de mesa Catamarã, da Farpa, e os pendentes Gotas, da Casa Costillas Roberto Seba/CLAUDIA

De mesa, a luminária Catamarã (acima) carrega a característica utilitária das peças da Farpa (@farpa_), com espaço para abrigar até um vaso. Os pendentes Gotas, da Casa Costillas (@casacostillas), inovam pelo formato inusitado. Já os vasos Duo Riga (abaixo) foram feitos de material da demolição de uma fábrica construída em 1910 no interior de São Paulo. A peça da O Designer Artesão (@odesignerartesao) tem aroma natural do pinho.

Decoração madeira
Vasos Duo Riga, da O Designer Artesão Roberto Seba/CLAUDIA

ESTRATÉGICO

Decoração Madeira
A peça Suporte C, de Eric Ennser, e as cumbucas do engenheiro Salim Saad

O minimalismo da peça Suporte C, do arquiteto Eric Ennser (@ennser), é resultado de um ano de estudo. O objetivo dele era utilizar a menor quantidade de material possível para suportar o peso do coador de café. O engenheiro Salim Saad (@tocobr) prefere seguir a intuição e confiar no acaso. “As cumbucas, feitas com sobras, não são desenhadas. Trabalho sem muitos planos”, explica.

ORIGEM

Decoração Madeira
As esculturas Ovaso e Ostra, de Julia Krantz

Para Julia Krantz (@ateliejuliakrantz), a escultura Ovaso sugere uma certa ironia. “A peça vazada contradiz com a função do nome”, diz ela. Já a Ostra é de uma linha inspirada no mar. “A madeira é absolutamente renovável e infindável se soubermos manejar a floresta com inteligência e respeito. A variedade de cores, texturas e cheiros também não tem igual”, conclui.

TEXTO MARINA MARQUES
FOTOS ROBERTO SEBA | CONCEPÇÃO VISUAL LORENA BARONI BÓSIO

Publicidade