Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Polícia do Rio invade escola de balé no Complexo do Alemão

Tuany Nascimento, bailarina e criadora do projeto 'Na ponta dos pés', venceu o prêmio CLAUDIA em 2019, na categoria cultura

Por Da Redação Atualizado em 28 Maio 2021, 17h08 - Publicado em 28 Maio 2021, 17h04

A manhã desta quinta-feira (27) não foi fácil para a bailarina Tuany Nascimento, 27, fundadora da Na ponta dos pés. A organização não-governamental, localizada no Morro do Adeus, no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, foi invadida pela polícia militar por volta das 7h30.

No espaço, Tuany atende 250 crianças desde 2012 com aulas de ensina balé, teatro e lutas. O projeto rendeu à dançarina diversos prêmios, inclusive o prêmio CLAUDIA de 2019, na categoria cultura.

Os cinco policiais estavam encapuzados e, apesar das aulas estarem sendo ministradas por transmissão online, Tuany se encontrava no local com mais duas funcionárias. Além disso, nesta quinta-feira, pouco antes da invasão, muitas crianças tinham saído da sede para um passeio organizado pela ONG Voz da Comunidade e pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a bailarina, a abordagem foi verbalmente violenta.
Em entrevista ao Globo, Tuany afirmou que os policiais teriam entrado exigindo documentos, sem dar a oportunidade da profissional entender o que estava acontecendo. “Fomos hostilizadas. Um dos policiais disse: ‘Não somos obrigados a subir favela com educação. Até onde sei isso aqui foi doado, então não temos obrigação de ser educados’. Mas a gente comprou o terreno para construir”, relatou a professora.
Tuany chegou a ter seu trabalho divulgado pelo programa Caldeirão do Huck, em 2019, ainda quando a sede do projeto estava sendo construída, o programa apoiou com os materiais finais para sala de balé.

Até a publicação dessa matéria, a polícia militar não se pronunciou a respeito da abordagem à ONG. Segundo moradores do Morro do Adeus, as paradas policiais têm sido intensas e em horários de muito movimento.

Participação em documentário

A ONG de Tuany chegou a aparecer na série documental Impact with Gal Gadot (Impacto com Gal Gadot, em português), da atriz que interpreta a Mulher Maravilha nos cinemas. A estreia do longa aqui no Brasil está prevista para o dia 31 de maio, no canal National Geographic.

Continua após a publicidade

Ao longo de seis episódios, Gal Gadot mostra iniciativas de mulheres que lutam contra discriminação, violência, opressão e pobreza.

View this post on Instagram

A post shared by Tuany Nascimento (@tuany_nascimentoo)

É leitora de CLAUDIA? Responde essa pesquisa pra gente se conhecer melhor!

  • Continua após a publicidade
    Publicidade