Polícia apura denúncia de maus-tratos a cão, mas encontra réplica

Os moradores utilizam o enfeite para proteger o sítio

A polícia de Baependi, no interior de Minas Gerais, recebeu uma denúncia de maus-tratos a um cachorro da raça rottweiler. Para apurar o caso, os policiais foram até o local, um sítio. Quando chegaram, se depararam com uma situação inusitada: o cão, na verdade, era um enfeite de plástico. 

Na denúncia, a informação era de que o cachorro estava preso por vários dias em uma corrente, exposto ao sol e sem acesso a água ou alimentos. De acordo com as informações do G1, o adorno era usado por um casal de idosos, os donos do sítio, para assustar e afugentar ladrões. 

Cachorro de plástico O enfeito usado pelo casal de idosos: confusão com maus-tratos

O enfeito usado pelo casal de idosos: confusão com maus-tratos (Polícia Militar do Meio Ambiente/Reprodução)

Leia também: Viúvo, pai se veste de mãe para participar de homenagem na escola da filha

Mulher grava ex confessando estupro e o faz pegar 4 anos de cadeia

Siga CLAUDIA no Youtube