Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

“Combater a violência contra a mulher é prioridade na minha vida”

Em discurso, Nicole Kidman defendeu os direitos das mulheres no aniversário de 20 anos do Fundo Especial de Combate à Violência Contra as Mulheres, da ONU

Por Débora Stevaux - 17 nov 2016, 18h55

Nesta última quarta-feira (16), um evento realizado no Central Park, em Nova Iorque, celebrou vinte anos de existência do Fundo Especial de Combate à Violência Contra as Mulheres, das Nações Unidas.

A cerimônia foi conduzida pela embaixadora da Boa Vontade da ONU, Nicole Kidman, que conseguiu angariar 50 mil dólares para a causa durante a apresentação.

Leia mais: Empoderamento feminino: o inspirador discurso de Michelle Obama na Argentina. 

Com um discurso emocionante e empoderador, a atriz conhecida por ter sido laureada com o Oscar, no ano de 2003, pela sua participação no longa “As Horas”, defendeu os direitos das mulheres e a igualdade de gênero. Confira o texto na íntegra:

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Tonight we celebrated the 20th Anniversary of The UN Trust Fund to End Violence against Women at Central Park in New York. The gala was co-hosted by our Goodwill Ambassador Nicole Kidman, who pledged $50,000! Violence is preventable. You too can help end violence against women and girls by donating today at donate.unwomen.org. #UNTF #endvaw #unwomen 📸: UN Women/Ryan Brown

A post shared by UN Women (@unwomen) on

Ajude a dar esperança a elas

“É um prazer estar aqui. E estou ainda mais honrada por ser uma das anfitriãs desta noite maravilhosa. Tenho muito carinho e admiração pelo trabalho desenvolvido pelas Nações Unidas no Fundo Especial de Combate à Violência Contra as Mulheres.

Continua após a publicidade

Veja também: Camila Pitanga: “O empoderamento das mulheres tem nos levado a novos lugares e nos fortalecido”.

Quando me tornei embaixadora da Boa Vontade, há 10 anos, minha primeira missão foi acompanhar um grupo de mulheres em Kosovo, onde conheci muitas sobreviventes da violência.

Esta foi a primeira vez que entendi o real significado do Fundo Especial das Nações Unidas. Vi, em primeira mão, a diferença palpável que o projeto faz na vida destas mulheres: elas e suas crianças se sentiram verdadeiramente acolhidas. Receberam conselhos e apoio para superar o trauma do estupro que as devastou durante a guerra que assolou a península Balcânica.

Leia mais: Conheça as meninas que fazem do bordado uma maneira de se empoderar.

Conseguiram suporte para retomarem suas vidas e se sustentarem. Encontraram solidariedade e consolo pelas experiências compartilhadas entre suas semelhantes. Foi uma vivência que transformou a maneira como eu vejo o mundo hoje, e que me inspira sempre desde então.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

"I've seen first-hand the great work of the UN Trust Fund to End Violence against Women. In Kosovo, I met with women & girls who survived violence"- Nicole Kidman at tonight's 20th Anniversary Gala. The #UNTF has reached millions of women and girls with its life-changing programmes over the last 20 years. Help them keep going: donate.unwomen.org. #unwomen #endvaw 📸: UN Women/ Ryan Brown

A post shared by UN Women (@unwomen) on

Este é o maior motivo para que eu esteja aqui e ter aceitado ser embaixadora de Boa Vontade: ter a função de combater a violência contra a mulher, em todos os lugares do mundo. Isso tornou-se uma das prioridades na minha vida.

Continua após a publicidade

Veja também: 15 frases inspiradoras de celebridades que não têm medo do feminismo.

As sobreviventes que conheci em Kosovo sofreram os mais diversos e inexplicáveis tipos de violência. Quando o Fundo foi criado, elas passaram a ter forças para superar a dor e readquirir a coragem para seguir em frente. Conseguimos dar esperança a elas.

Estou aqui esta noite para ajudar mais mulheres a encontrarem dentro de si a esperança. Estou aqui porque eu apoio o Fundo Especial e celebro seus vinte anos de existência, sempre buscando fazer a diferença na vida destas mulheres.

Leia mais: O que as jovens tem a nos ensinar sobre feminismo.

Mas queridos amigos e amigas aqui presentes, nós não estamos aqui apenas para celebrarmos ou para abrirmos nossos corações, mas também para ajudarmos este projeto a continuar mudando vidas. O trabalho realizado pelo Fundo precisa de doações, pois há milhares de mulheres que ainda precisam de assistência.

Continua após a publicidade

Mulheres e meninas de todo o mundo contam conosco. Nesta noite, deixe que elas saibam que podem contar com você também. Muito obrigada.”

Veja também: Olivia Wilde está ensinando feminismo ao filho – e isso é incrível.

Publicidade