CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Quem é David Koma, o estilista que conquistou os tapetes vermelhos

Os estilismos com silhuetas ultra-marcadas que transformam o corpo feminino em esculturas têm conquistado estrelas como Beyoncé, Cardi B e Anne Hathaway

Por Joana Oliveira 31 mar 2022, 10h17

Antes do tapa de Will Smith em Chris Rock na cerimônia do Oscar no último domingo, o momento mais impactante da noite havia sido Beyoncé fazendo a abertura dos prêmios ao cantar numa quadra de tênis em Compton, Califórnia, em uma fantasia estética de neon amarelo. A Queen B usou um vestido de penas na cor de uma bola de tênis, com luvas até o cotovelo e uma liga de cristal, tudo no mesmo tom.  O responsável pelo look, que causou frisson nas redes sociais, é David Koma, designer de 36 anos nascido da Geórgia, mas radicado em Londres, que vem consolidando seu nome nessa temporada de tapetes vermelhos. Quem também usou um de seus estilismos numa festa pós-Oscar foi a cantora Willow Smith, que apostou em calças pretas e um top recortado com joias vermelhas cravejadas ao longo das mangas compridas. A estética meio vampiresca, em contraste com o glamour esportivo de Beyoncé, é um exemplo da força e diversidade criativa de Koma, cujos designs tornaram-se sinônimo de silhuetas ultra-marcadas que praticamente esculpem o corpo feminino.

Beyoncé em look David Koma na abertura do Oscar 2022.
Performance de Beyoncé no Oscar 2022. Reprodução/Getty Images

Essa assinatura minimalista que contorna e embeleza a forma com precisão escultural tem um sex appeal que permanece mesmo quando Koma usa pedaços de plástico, pompons coloridos e outros enfeites incomuns para destacar curvas corporais. Soa familiar? Sim, de 2013 a 2017, ele ocupou o cargo de diretor artístico de Thierry Mugler. “Meu trabalho é sexy? É feminino. Acho que sempre quis fazer as mulheres parecerem mais fortes que os homens, porque crescendo na Geórgia você sempre tem a figura materna como ídolo. Os georgianos têm uma grande admiração pelas mulheres”, disse o estilista à publicação i+D. Koma nasceu em Tbilisi, em 1985, onde viveu até os 10 anos, quando se mudou para São Petersburgo. Lá, estudou Belas Artes e montou sua primeira coleção aos 15 anos. Em 2003, mudou-se para Londres para ocupar uma cadeira no prestigioso Central St. Martins College of Art and Design e, logo após a formatura, em 2009, lançou sua marca homônima e participou da semana de moda de Londres.

Willow Smith com look David Koma na festa pós-Oscar.
Willow Smith com look David Koma na festa pós-Oscar. Daniele Venturelli/Getty Images

A elegância e glamour irreverente que o estilista propõe, no entanto, se distanciava do humor seco da moda britânica e, logo, suas construções com bustiês e espartilhos tão justos e curvos, que funcionam como uma segunda pele, chamaram a atenção em Hollywood. Lady Gaga e Miley Cyrus foram algumas das primeiras a brilhar com seus modelos, em 2012. Agora, Koma veste uma plêiade de estrelas que vão da cantora Ciara (no começo de março, ela usou um vestido assimétrico preto, com rendas e transparências, para uma participação no programa de Jimmy Kimmel) até Anne Hathaway. Na pré-estreia da série WeCrashed, que ela protagonizará com Jared Leto na AppleTv, Anne usou um vestido azul turquesa de uma manga só, e um top com recorte complexo que cruzava o peito da atriz e revelava um bralette preto. A peça, então, caía em forma de coluna até o tornozelo da atriz, com uma fenda alta em um lado da perna.

Anne Hathaway com vestido assinado por David Koma.
Anne Hathaway com vestido assinado por David Koma. Getty Images/Getty Images

O modelo usado pela atriz foi uma adaptação mais longa de um mini vestido rosa da coleção Primavera Verão 2022 de Koma, apresentada em setembro do ano passado, com a qual ele consolidou seu passe na indústria da moda (e dos tapetes vermelhos), conquistando nomes como Beyoncé, Cardi B ou Jennifer Lopez. Como o próprio Koma diz, seus designs são feitos para todas que “querem se sentir incríveis”.

 

Continua após a publicidade

Publicidade