7 receitas para o almoço de Páscoa do chef Dalton Rangel

No almoço de Páscoa, Dalton serve seu tradicional Bacalhau do chef, estrela da festa

Cozinhar é uma arte coletiva, feita da criatividade de várias mãos. Essa máxima da gastronomia já regia a carreira de Dalton Rangel muito antes de ele se tornar chef profissional e apresentador de programas de televisão. Ainda menino, em Visconde de Mauá, interior do Rio de Janeiro, gostava de se juntar ao movimento diário que rolava por trás do balcão do restaurante da mãe.

“A cidade tinha só 2 mil habitantes, mas várias pessoas, inclusive chefs, iam até lá para provar a comida dela”, lembra. Adolescente, não viu outra possibilidade a não ser se dedicar a uma carreira na área. Depois da faculdade, morou alguns anos no exterior e aprendeu a misturar sabores e técnicas.

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Voltou ao Brasil em 2008 para participar da seleção do Super Chef, reality show do Mais Você, da Rede Globo. “Nunca tinha tido contato com TV, mas eu era um cara jovem, cheio de energia e de vontade de aprender”, conta Dalton, que ficou em segundo lugar na competição. Dali, decolou.

Fez programas na TV fechada e agora está à frente do quadro de culinária do Hoje em Dia, da Record. A rotina dele, porém, não se resume à vida em frente às câmeras. Aos 31 anos, ele também comanda o próprio restaurante, Coz, que abre as portas este mês, em São Paulo.

“Cozinhar é tarefa árdua e só faz quem ama. Por isso, a parceria com a equipe é fundamental. Eu trabalho com amigos e tento levar isso para todos os lugares”, emenda. É o caso do também chef Guga Rocha, que esteve com ele em mais de uma atração da TV e foi convidado para este almoço de Páscoa com outras pessoas queridas.

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

O cardápio, que reflete as experiências de Dalton, mesclou pratos de diversas origens, como o bacalhau com batatas, comum na culinária portuguesa, o beef wellington, tradicional receita inglesa, e os moules et frites, da Bélgica e do norte da França.

“Para mim, a vida só é completa em torno da mesa. Desconhecidos podem sair de um encontro desses como melhores amigos. É assim que relacionamentos verdadeiros acontecem, ao compartilhar a comida. E celebrações como a Páscoa deixam todo mundo de coração aberto.”

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Na cozinha dos Rangel

Os livros de receitas da avó foram a primeira fonte da qual Dalton bebeu. Aos 8 anos, pediu à mãe, Mônica: “Mostra pra mim como se faz bolo?”. Desconfiada, ela lhe passou as anotações da matriarca e dali surgiu uma versão do bolo com maisena.

“Ela ficou chocada porque meus irmãos mais velhos nunca tinham se interessado por culinária. Depois, fiz biscoitos e não parei mais”, conta. A vontade de perpetuar as receitas que prepara desde a infância o fez lançar o livro Por Amor ao Sabor (Alaúde).

Hoje, dividido entre as atividades de chef e apresentador, quase não sobra tempo para visitar a cozinha da mãe. “Amo o que faço. Então, se tiver que trabalhar 20 horas por dia, vou trabalhar feliz. A família sente falta, mas fica contente por me ver realizado.”

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Cidadão do mundo

Apesar da grande influência familiar, da avó e da mãe, Dalton optou por construir a própria identidade como chef. Assim que pegou o diploma da faculdade, caiu na estrada para experimentar temperos com os quais nem sonhava. Depois, colocou tudo em seus pratos.

“Fui para Portugal, Tailândia, Espanha, Itália… Rodei bastante. Mas isso foi lá atrás. Acredito que nenhum chef precisa sair do Brasil para aprender”, explica. Depois de muitas cozinhas no passaporte, ele montou uma culinária descomplicada e de sabores mediterrâneos para o Coz (@coz.restaurante), ao lado do sócio, Rodrigo Silva.

“É alta gastronomia inspirada na comfort food. Queremos que as pessoas se esqueçam do trabalho e das preocupações para viver o momento plenamente compartilhado à mesa.”

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Confira 7 receitas para se inspirar: 

1. Polvo a la plancha

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

2. Chips de berinjela e abobrinha com sour cream

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

3. Linguine ao vôngole

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

4. Beef Wellington

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

5. Bacalhau do chef

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

6. Moules et frites

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

7. Mil-folhas

 (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Leia também: O que é Ruby, chocolate cor de rosa que é a sensação desta Páscoa

Mais de 30 lançamentos de Ovos de Páscoa para 2019

Siga CLAUDIA no Youtube