Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Scarlett Johansson processa Disney por “Viúva Negra”. “Triste”, diz Disney

A atriz acredita que seu salário foi prejudicado, já que ela teria direito à parte dos lucros além dos 20 milhões de dólares em contrato

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2021, 09h21 - Publicado em 30 jul 2021, 09h20

Filmado em 2019 e prometido para antes da pandemia, Viúva Negra é a última aparição da personagem no universo Marvel. Por isso e por ter Scarlett Johansson no elenco, imaginava-se que seria um sucesso de público. Aí veio a Covid-19, muitos adiamentos até o começo de julho, quando o filme estreou simultaneamente nos cinemas e na plataforma Disney+ (ali, o assinante ainda precisava pagar um valor adicional para ver o filme, modelo que tem sido testado com os últimos lançamentos).

O filme estreou com recorde de bilheteria, mas logo despencou nos rankings. Muitos até começaram a questionar a saturação da fórmula Marvel. Mas se teve alguém que ficou realmente chateada com a situação foi Scarlett Johansson. A atriz está processando a Disney, inclusive.

Veja mais: Viúva Negra mostra que heroínas não precisam de superpoderes ou disfarces

Segundo ela, o contrato com a empresa previa que o filme seria lançado em estúdio e que os lucros representariam uma parte simbólica do salário da atriz. Ela alega que o lançamento na plataforma de streaming representa uma brecha de contrato.

O advogado de Scarlett, John Berlinski, declarou para a PEOPLE que “é sabido que a empresa está lançando filmes como Viúva Negra na plataforma para aumentar os assinantes e aumentar o valor das ações da empresa, mas se esconde por trás das justificativas da Covid-19, que está usando apenas como pretexto”.

A Disney realmente não tem medido esforços para aumentar o número de assinantes de sua plataforma e lançou muitos dia filmes adiados por causa da pandemia ali. Em resposta ao processo de Scarlett, um representante da empresa disse que a situação era “triste e desrespeitosa ao desvalorizar a situação da pandemia da Covid-19”. Segundo ele, a Disney honrou com todas as cláusulas do contrato e a presença do filme na plataforma aumentou as chances de Scarlett obter um ganho significativo para além dos 20 milhões de dólares que ela já ganhou.

A personagem de Scarlett, a Viúva Negra, só teria esse único spin-off, já que ela morreu no último filme dos Vingadores. A atriz declarou recentemente que acreditava que tinha cumprido suas funções no papel e que não voltaria a interpretar a heroína. “Mas tenho interesse em colaborar  mais com o universo Marvel porque acho que há uma riqueza de histórias. Reimaginar esse gênero é algo que acho interessante”, explicou à Fatherly.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade