Principais histórias da Família Real da década

Como qualquer família, a realeza passou por seus altos e baixos nestes dez anos. Veja os momentos mais importantes na nossa linha do tempo

Com casamentos, nascimentos e alguns escândalos, a década de 2010 foi agitada para a realeza britânica. Entre tantos acontecimentos, mesmo o mais ferrenho dos fãs pode ficar perdido. A seguir, preparamos uma retrospectiva dos momentos mais marcantes da Família Real nestes 10 anos. Confira:

2010

A década começou marcada pelo noivado de William e Kate Middleton. Juntos desde 2004, o casal passou por algumas idas e vindas antes do pedido ser feito pelo príncipe em outubro, durante uma viagem ao Quênia. Um mês depois, a novidade foi confirmada em uma sessão de fotos no Palácio St. James. Na ocasião, o público ficou encantado ao ver que William escolhera o anel de safira que pertencera a sua mãe, Diana, para oficializar o compromisso.

2011

No dia 29 de abril, seis meses após o anúncio do noivado, Kate e William subiram ao altar na Abadia de Westminster, em Londres. Transmitida ao vivo, a cerimônia religiosa foi assistida por 2,5 bilhões de pessoas no mundo e contou com a presença de 1900 convidados. Todos estavam ansiosos para ver o vestido da noiva, que, desenhado pela diretora-criativa da grife Alexander McQueen, foi mantido como “segredo de Estado” até a chegada de Kate à abadia.

2013

Em julho, o casal deu às boas vindas ao seu primogênito. George Alexander Louis nasceu no dia 22, no Hospital Saint Mary, em Londres. Meses antes, o Parlamento havia aprovado uma lei que determinava que a ordem de sucessão ao trono passaria ser por idade e não por gênero. Assim, se Kate desse à luz a uma menina, a criança não seria preterida caso ganhasse um irmão futuramente.

2015

Dois anos depois, no dia 22 de maio, foi a vez de Charlotte Elizabeth Diana vir ao mundo. Nascida no mesmo hospital que o irmão, a princesa foi batizada no dia 5 de julho, na Igreja de Santa Maria Madalena, em Sandringham.

2016

Sozinho desde 2014, quando rompeu o namoro de dois anos com a atriz Cressida Bones, Harry era um dos solteiros mais cobiçados da Inglaterra quando conheceu Meghan Markle no começo do ano, em um evento no Canadá. Dividindo a paixão pela arte e filantropia, os dois se seguiram nas redes sociais e aos poucos foram se aproximando, até que o relacionamento se tornou público em outubro.

Também em 2016, a rainha Elizabeth completou 90 anos, tornando-se a monarca mais longeva e com reinado de maior duração: até agora, são 67 anos no poder.

2017

Aos 95 anos, o príncipe Philip decidiu se aposentar de suas obrigações reais. A decisão foi apoiada pela rainha, mas levantou rumores a respeito do estado de saúde do príncipe.

Enquanto Philip se afastava de suas funções públicas, Meghan se preparava para entrar neste mundo. Ao conceder entrevista para a Vanity Fair, ela falou pela primeira vez sobre seu relacionamento com Harry, declarando que estavam felizes e apaixonados. Menos de três meses depois, em novembro, o casal veio a público anunciar que estavam noivos.

 (Jane Barlow/WPA Pool/Getty Images)

2018

No dia 23 de abril, o caçula de Kate e William nasceu. Mas as atenções não ficaram voltadas para o pequeno Louis Arthur Charles por muito tempo. Isto porque em maio, Meghan e Harry trocaram votos no Castelo de Windsor. Mais modesto que o do irmão, o casamento do caçula de Diana contou com 600 convidados. O príncipe Charles foi o designado para acompanhar a noiva até o altar após polêmicas e um problema de saúde impedirem o pai da ex-atriz de comparecer à cerimônia.

Ainda em 2018, outra neta da rainha se casou, também em Windsor. Filha do príncipe Andrew, a princesa Eugenie disse “sim” para o empresário e namorado de longa data Jack Brooksbank. E mais uma vez, Meghan roubou a cena. Sua escolha por um sobretudo mais larguinho gerou rumores de que ela estaria grávida. O que, de fato, foi confirmado três dias depois.

2019

As especulações sobre o sexo e o nome do bebê real que Meghan esperava chegaram ao fim, respectivamente nos dias 6 e 8 de maio. Ruivo como pai, Archie Harrison Mountbatten-Windsor foi batizado dois meses depois, em uma cerimônia privada na Capela de Windsor.

Enquanto o mundo babava pelas primeiras fotos de seu primogênito, Harry e o irmão pareciam cada vez mais distantes e choveram boatos de que brigas abalaram sua relação. Fato é que a parceria que os dois casais mantinham em um projeto de caridade foi dissolvida, e este passou a ser administrado apenas por Kate e William.

Ao mesmo tempo em que lidavam com as supostas brigas internas, Meghan e Harry precisaram enfrentar também as constantes críticas da mídia. Preocupado com a saúde mental da esposa, ele decidiu processar alguns tabloides por bullying em outubro. No mesmo período, Meghan fez o mesmo, após ter o conteúdo de uma carta que enviara para o pai divulgado pela imprensa britânica.

Mais recentemente, foi a vez do príncipe Andrew, segundo filho homem de Elizabeth, se ver envolvido em um escândalo. Acusado de participar de uma rede de exploração sexual de menores, Andrew foi afastado por tempo indeterminado de suas funções públicas.

Leia mais: Princesa Charlotte faz pedido de Natal inusitado

+ 11 fatos curiosos sobre os cachorros da Rainha Elizabeth

PODCAST – Como consumir menos, de forma consciente e inteligente

 

%d blogueiros gostam disto: