Ben Affleck é levado para a reabilitação pela ex-esposa Jennifer Garner

Reincidente na luta contra o álcool, o ator volta ao tratamento

Mais uma vez, o ator Ben Affleck teve de ser levado à reabilitação, por ter abusado do álcool. Nessa nova incidência, foi sua ex-mulher, Jennifer Garner, quem acabou o socorrendo. Os dois foram fotografados a caminho ao hospital, dentro de um carro, na quarta-feira, dia 22.

O ator de Liga da Justiça, de 46 anos, se mostrou estar aberto para falar sobre suas lutas contra o álcool no passado. Pela primeira vez, em 2001, Ben foi internado para se recuperar de seus problemas com o álcool.

Em março de 2017, ele compartilhou em seu Facebook que “completou o tratamento para o vício em álcool”, explicando que era algo com que já lidou no passado – e que continuaria enfrentando diariamente.

Leia mais: Família Real tem regra para lá de estranha sobre as crianças

“Quero viver a vida ao máximo e ser o melhor pai que posso ser”, escreveu o artista. Essa preocupação se direciona aos seus três filhos com Jennifer: Violeta, de 12 anos, Seraphina, de 9 e Samuel, de 6 anos.

O casal anunciou que pretendia se divorciar em 2015, depois de 10 anos juntos. A separação tem sido amigável desde o início: os dois continuaram morando próximos, pensando em seus filhos.

No começo de 2017, o pedido de divórcio foi feito oficialmente e os artistas pediram guarda compartilhada das crianças. No entanto, recentemente, receberam uma notificação do Tribunal Superior de Los Angeles dizendo que seu pedido de divórcio pode ser cancelado, uma vez que os dois não entregaram papéis importantes para o processo.

Veja mais: Eliana volta à Record depois de 8 anos longe da emissora

Já votou no Prêmio CLAUDIA? Escolha mulheres que se destacara