Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

As mensagens de Natal da realeza britânica

Em seus votos, os integrantes da Família Real falaram sobre os desafios deste ano e a esperança de um 2021 melhor

Por Da Redação Atualizado em 26 dez 2020, 17h56 - Publicado em 26 dez 2020, 18h30

Fazendo jus ao ano atípico de 2020, pela primeira vez desde 1987 a Família Real não se reuniu para comemorar o Natal na casa de campo da rainha Elizabeth, em Sandringham, como de costume. Em vez disso, as celebrações foram feitas em menor escala e separadas.

Enquanto o príncipe Charles e sua esposa, Camilla, ficaram em seu palácio em Gloucestershire, William, Kate Middleton e as crianças passaram o feriado na casa de campo de Anmer Hall, Norfolk. Já a monarca e o príncipe Philip permaneceram em Windsor, onde estão em isolamento social desde março.

E foi de lá que ela gravou seu tradicional discurso natalino. Como era de se esperar, a rainha falou sobre o desafios que permearam 2020, um ano que, em suas palavras, se por necessidade afastou as pessoas, em muitas maneiras também as aproximou.

“Por todo a Commonwealth, histórias de pessoas que se voluntariam em suas comunidades, ajudando os necessitados têm inspirado minha família e eu”, disse, elogiando especialmente os serviços dos profissionais de saúde que, na linha de frente do enfrentamento da pandemia, seguem sendo um brilho de esperança de um novo amanhecer.

View this post on Instagram

A post shared by The Royal Family (@theroyalfamily)

“Claro que, para muitos, esta época do ano será tingida de tristeza”, prosseguiu. “Alguns lamentando a perda de seus entes queridos, e outros sentido falta de amigos e familiares distantes por segurança, quando tudo o que realmente querem no Natal é um um simples abraço ou um aperto de mão. Se está entre essas pessoas, você não está sozinho, e deixe-me lhe assegurar que o tenho em meus pensamentos e orações”.

Em tom semelhante, Kate e William também compartilharam uma mensagem na qual diziam que estavam pensando nas pessoas que passariam o Natal sozinhas ou enlutadas pela perda de alguém querido, além dos que estão na linha de frente e “continuam reunindo energia para colocar suas próprias vidas em segundo plano e cuidar do resto de nós”.

“Desejar um feliz Natal não parece certo este ano, então estamos desejando um 2021 melhor. Para aqueles que estão em dificuldades hoje, há suporte disponível”, acrescentaram, compartilhando uma lista com instituições de saúde mental.

Do outro lado do Atlântico, em seu segundo Natal longe do restante da família, Meghan Markle e Harry aproveitaram a data de maneira filantrópica. Como revelado pela Mayhew, uma organização de caridade que cuida de animais, o casal fez uma doação para apoiar o trabalho da instituição.

Os Sussex também divulgaram um adorável cartão natalino, no qual aparecem junto com o pequeno Archie, em que revelam que a família fez outras doações para diversas instituições.

“De uma organização local na Califórnia que ajuda famílias a sair das ruas, para dois de nossos patrocinadores no Reino Unido: um que apoia o bem-estar animal e da comunidade, e o outro, um fundo em memória de um amigo querido, que ajuda a educar crianças e combater a pobreza em Uganda, honramos seus trabalhos”, escreveu Meghan.

  • O que é mieloma múltiplo e como tratá-lo

    Continua após a publicidade
    Publicidade