CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Inspira: o que ler, ouvir, vestir e experimentar em maio

Saiba as últimas novidades do mundo do entretenimento

Por Paula Jacob Atualizado em 13 Maio 2022, 12h44 - Publicado em 13 Maio 2022, 08h37

O que ler, ouvir, vestir e experimentar em maio? CLAUDIA reúne os grandes destaques do mês para te inspirar!

Florence + TheMachine
Banda londrina comandada por Florence Welch lança um novo álbum no streaming. Foto: Autumn de Wilde (Florence Wech)/Divulgação

Música

Feminismo esotérico

Imagine um conto de fadas sombrio e repleto de metáforas sociais: esta é a proposta de Dance Fever, novo álbum do Florence + The Machine. O disco evoca o folk de Lucinda Williams, o experimentalismo contagiante de Kate Bush e a eletricidade de Iggy Pop. “King”, primeira música, sintetiza bem a proposta deste trabalho: “Eu não sou uma mãe, não sou uma noiva, sou um rei”, entoa Florence Welch na faixa produzida por Jack Antonoff, confrontando os papéis comumente associados às mulheres na sociedade. “My Love” e “Heaven is Here”, singles promocionais do CD, comprovam a ambição da artista em criar um universo musical que, acima de tudo, é uma grande homenagem à ancestralidade feminina. Em entrevista à BBC Radio 1, Florence citou as ficções góticas de Carmen Maria Machado e Midsommar, filme de terror psicológico de Ari Aster, como algumas das inspirações da obra. Vai perder esse lançamento? A gente não! (KALEL ADOLFO)

Florence + The Machine
Capa do álbum Dance Fever. |Foto: : Autumn de Wilde (Florence Wech)/Divulgação

Beleza

Kylie Jenner lança linha pela Sephora
Kylie Jenner traz para o Brasil a tão esperada Kylie Cosmetics. |Foto: Divulgação/Divulgação

Take a selfie

Se você vive neste mundo, reconhece muito bem o rostinho acima. Parte do clã Kardashian-Jenner, que dominou a TV e a internet como nenhum outro e, de uns anos para cá, o mercado de moda e beleza também, Kylie Jenner traz para o Brasil a tão esperada Kylie Cosmetics. Fundada em 2015, com apenas um produto, o Kylie Lip Kit (R$ 299, foto) – esgotado em menos de um minuto para a surpresa de ninguém –, a marca de maquiagem e skincare vegana e sem testes em animais é um hit internacional. Não à toa: cada item foi desenvolvido com base no que a própria Kylie sempre gostou de usar, fosse na rotina de cuidados em casa, fosse no backstage de algum ensaio fotográfico ou gravação. Reconhecida pela Fast Company como uma das “Top 50 empresas mais inovadoras do mundo”, a Kylie Cosmetics é um ótimo exemplo das necessidades e dos desejos da Geração Z, que preza por autenticidade e sustentabilidade. Além do Lip Kit, vale testar os produtos para sobrancelhas. sephora.com.br

Batom da Kylie Jenner
Batom de Kylie Jenner chega às lojas da Sephora. |Foto: Divulgação/Divulgação

Livro

Livro conta como é ser uma feminista no mundo contemporâneo
Livro de Sarah Ahmed é como uma conversa com o leitor sobre o que é ser feminista. |Foto: Divulgação/Divulgação

Seu guia

Onde vivem, o que comem, como pensam, por que agem de tal jeito? Mais que um livro sobre o feminismo em si, Sara Ahmed cria uma espécie de conversa com o leitor sobre o que é, afinal, ser uma feminista no mundo contemporâneo. Viver uma Vida Feminista (UBU, R$ 99) traz, então, nas suas mais de 400 páginas, temas como alienação, injustiças estruturais, interseccionalidade, política, teorias de gênero e mais, sob a ótica do que a autora anglo-australiana chama de “feminista estraga prazeres”. A linguagem acessível e o tom, por vezes, irônico, torna a leitura um deleite. ubueditora.com.br

Minx série da HBO Max
Num combo de comédia ácida, sexualidade, jornalismo responsável e ambientação de época, Minx é uma série de ouro. |Foto: Divulgação/Divulgação

Amor & sexo

Sem vergonha

Num combo de comédia ácida, sexualidade, jornalismo responsável e ambientação de época, Minx é uma série de ouro. Nela, acompanhamos uma equipe de redação montar uma revista erótica para mulheres nos anos 1970. Imagine! Política, gênero e sexismo servem de pano de fundo nesta deliciosa produção original da HBO Max, repleta de mulheres em cargos de liderança.

Quem dá os detalhes com exclusividade à CLAUDIA é a criadora, Ellen Rapoport:

Como você encontrou o tom da série?

Eu sempre soube o que queria: fugir do drama ou do romantismo de produções já existentes sobre a temática. Achá-lo não foi difícil, a questão na sala de roteiro era como mantê-lo ao longo dos episódios, já que é bem específico.

De onde surgiu a inspiração para criar a história?

Fiquei interessada no encontro entre o jornalismo e a indústria pornográfica depois de ler um artigo sobre uma revista erótica que existia nos anos 60. Nas minhas pesquisas, me surpreendi o quão vanguardas eram essas redações, que escreviam sobre aborto, reprodução, assédio e todas as coisas que ainda estamos discutindo hoje. Aliado a isso, ainda me instigava a questão visual, bem nostálgica.

E como foi criar a ambientação ao lado da equipe de arte e fotografia?

Foi incrível! Fizemos as primeiras reuniões por Zoom, porque estávamos no começo da pandemia. Trocamos muitas referências até chegarmos ao consenso de que, por mais linda e incrível que pudesse ser, Minx precisava soar real, como se tivesse existido de fato naquele tempo-espaço. Além disso, para Jeff Sage [designer de produção] era importante que os objetos e as locações contassem alguma história dos personagens. Isso também ajudou o elenco a entrar no mood.

Podcast Crime e Castigo
Crime e Castigo é o podcast mais recente da Radio Novelo. |Foto: Divulgação/Divulgação

Justiça?

Podcast

Quando o final de Praia dos Ossos foi ao ar, a internet ficou fervorosa e indignada com a “falta de justiça” no julgamento de Doca Street pela morte de Ângela Diniz. Foi o gatilho necessário para que Branca Vianna, Flora Thomson-DeVeaux e Paula Scarpin dessem início à produção do ótimo Crime e Castigo, podcast mais recente da Radio Novelo. Os seis episódios revisitam casos reais por meio de pesquisa e entrevista com especialistas para fazer a audiência refletir sobre punição, vingança e reparação. spotify.com.br

MostraWalter Firmo: No Verbodo Silêncio a Síntese do Grito
Mostra Walter Firmo: No Verbo do Silêncio a Síntese do Grito

Arte afeto

Ocupando dois andares do IMS Paulista com cerca de 266 fotografias, a mostra Walter Firmo: No Verbo do Silêncio a Síntese do Grito é uma homenagem ao carioca, conhecido por retratar com poesia a população e cultura negra do Brasil. Datados entre 1950 e 2021, esses registros mostram a evolução da estética que sai do fotojornalismo tradicional – Walter trabalhou nos jornais Última Hora e Jornal do Brasil, e nas revistas Realidade e Manchete – e começa a flertar com a experimentação e a criação artística.

Continua após a publicidade

Influenciado pelo movimento Black is Beautiful, na sua vivência em Nova York no final dos anos 1960, ele passou a se interessar por festividades populares em todo o território nacional. Impossível não se emocionar com a sutileza para captar os momentos de afeto. “Se numa sociedade racista a norma é o ódio e o auto-ódio, como nos mostram os trabalhos de bell hooks, Frantz Fanon e Virgínia Bicudo, amar a negritude compreende um percurso necessário de cura”, aponta Janaina Damaceno Gomes, professora da Uerj e curadora adjunta da exposição, ao lado de Sergio Burgi, coordenador de Fotografia do IMS. Em cartaz até 11/9. Entrada gratuita mediante apresentação de comprovante de vacinação contra Covid-19 e documento com foto. ims.com.br

Absorvente de algodão orgânico
Absorventes da Amai são feitos de algodão orgânico certificado e bioplástico à base de plantas. Foto: Divulgação/Divulgação

Saúde: Deixa fluir

Se você também 1) sofre com alergias causadas pelos absorventes tradicionais, 2) não se adaptou aos copinhos coletores e 3) busca uma alternativa para acompanhar o seu ciclo junto com as calcinhas absorventes, atenta! Os três modelos feitos pela Amai são um conforto só – digo isso porque testei e aprovei.

Feitos de algodão orgânico certificado, bioplástico à base de plantas que se biodegrada em menos de 6 meses e adesivos não tóxicos, eles te auxiliam em todo o período. Descubra mais sobre a marca na entrevista com as fundadoras. amaiwoman.com.br.

Nova loja física da Feira na Rosenbaum
Em Pinheiros, em São Paulo, a nova loja física da Feira na Rosenbaum é parada obrigatória. |Foto: Valentin (Feira na Rosenbaum)/Divulgação

Decoração: Tesouro nosso

Localizada em uma charmosa casinha no bairro de Pinheiros, em São Paulo, a nova loja física da Feira na Rosenbaum é parada obrigatória na cidade. Depois de 10 anos fazendo sucesso com exposições itinerantes dos designers e criativos brasileiros das mais diversas regiões do país, o projeto liderado por Cris Rosenbaum finca raízes do jeito acolhedor de sempre.

Basta entrar no corredor principal para entender: as esculturas, obras de arte e utensílios domésticos te abraçam no café recheado de sabores nacionais. Em seguida, o visitante encontra acessórios, cosméticos naturais e roupas para, então, se encantar com a parte final. Cerâmicas, tapeçarias e mobiliário se misturam na curadoria esperta de sua idealizadora. Difícil mesmo é sair de lá sem querer levar nada. Rua Mateus Grou, 513. feiranarosenbaumloja.com.br

Nova coleção Lucent, da Swarovski
Lucent, da Swarovski, traz anéis, brincos, braceletes e cuffs magnéticos em cristais lapidados. |Foto: Divulgação/Divulgação

Joias: Bling ring

Impossível negar que a atmosfera da tendência dopamine dressing, que segue dominando os feeds do Instagram e do TikTok, realmente faz a diferença quando queremos dar aquele up no dia a dia. Que tal adicionar às cores vibrantes e mix de estampas dos looks acessórios à altura?

Para tanto, mire na nova coleção Lucent, da Swarovski. São anéis, brincos, braceletes e cuffs magnéticos em cristais lapidados, conhecidos da marca, nas tonalidades que prometem alegrar qualquer jeans com camiseta branca – com um toque de glamour, é claro! Rosa, amarelo, roxo, azul e verde ressaltam os shapes desenvolvidos pela diretora criativa Giovanna Engelbert.

A inspiração para tais peças veio das salas Bergl, do Palácio Schönbrunn, em Viena. O espetáculo artístico e arquitetônico do espaço, envolto completamente por desenhos naturalistas, representa o mundo fantástico e exuberante que a imperatriz Maria Teresa gostava de usar como refúgio. A realeza, só que na versão 2022. Chique, né? swarovski.com.br.

a Volvovendeu mais carros elétricos neste primeirotrimestre em relação ao ano passado
O Volvo XC40 é 100% elétrico. |Foto: Fabio Aro (Volvo)/Divulgação

Sustentabilidade

Nas nuvens

Impactada com a notícia que a Volvo vendeu mais carros elétricos neste primeiro trimestre em relação ao ano passado inteiro, quis entender qual era o hype sustentável no mercado de luxo. Vale dizer: eu adoro dirigir, mas não entendo as peculiaridades automobilísticas. O que é ótimo neste caso, já que o Volvo XC40 é 100% elétrico. Então, o papo sobre a potência dos cavalos fica para a próxima.

De cara, me apaixonei pelo design e pela cor (esse verdinho das fotos) – tem algo na estética sueca que me prende. Mas, durante o período de teste, percebi que beleza + funcionalidade tornam a experiência mais gostosa. O modelo tem sistema Google integrado, painel de GPS atrás do volante, controle de velocidade fixo (o que faz o carro se manter dentro dos limites das vias ou estradas), interação multimídia que espelha a tela do seu celular no carro e outros adereços facilitadores da condução. O espaço generoso é perfeito para acomodar confortavelmente todos os passageiros, bagagens, acessórios, supermercado, cachorro, criança, papagaio.

A dirigibilidade e o silêncio interno te transportam para uma experiência de calma e tranquilidade. O que, vivendo em uma cidade como São Paulo, é quase impensável. Ah, e sobre a bateria, ela cheia te dá uma autonomia de 418 km e você pode carregá-la sem custo em postos específicos. Isso, segundo a estimativa disponível no site da empresa, gera uma economia de R$ 24.750 em combustível por três anos, considerando o alto valor da gasolina. Há de se pensar no custo-benefício a longo prazo. volvocars.com/br

The Lizzie novo tênis da Vans
The Lizzie, o novo tênis da Vans assinado pela skatista Lizzie Armanto. |Foto: Divulgação/Divulgação

Moda

Coisa de mulher

“É incrível ver a quantidade de mulheres e jovens meninas andando de skate hoje. Mais ainda é perceber o quanto a modalidade tem evoluído para que as pessoas tenham uma diversidade maior de inspirações e oportunidades.” Quem celebra a conquista é Lizzie Armanto, skatista de 29 anos que assina o mais novo tênis da Vans – detalhe, ela é a primeira mulher em 20 anos a projetar um modelo para a marca.

O The Lizzie (R$ 499,99), já disponível nas lojas brasileiras, foi pensado a partir das necessidades dela de formato, tamanho, praticidade, amortecimento e cor. Sem contar a consciência ambiental da californiana, que guiou o uso de algodão orgânico, borracha natural, espuma de base biológica e camurça responsável. A colaboração também inclui roupas e acessórios que brincam com a irreverência de Lizzie. Pode querer tudo? vans.com.br.

Nova renda 100% reciclável da Intimissimi
Nova renda 100% reciclável da Intimissimi é uma fibra autodegradável de poliamida que se decompõe cerca de dez vezes mais rápido. |Foto: Divulgação/Divulgação

Segunda pele

Sabia que o descarte de roupas íntimas gera um resíduo anual de 170 mil toneladas?(Dados da Associação Brasileira de Indústria Têxtil (ABIT))Pois é. Daí a importância de pesquisar e optar, quando possível, por alternativas com tecidos mais responsáveis. Nessas, descobri a nova renda 100% reciclável da Intimissimi, que apresenta para a sua coleção de Outono/Inverno 2022 uma fibra autodegradável de poliamida que se decompõe cerca de dez vezes mais rápido que a tradicional. Tudo isso e mais um pouco descrito no QR Code presente nas etiquetas. Destaque para o sutiã Elena (R$ 199, foto), que tem um levinho push-up e caimento confortável, além do design elegante para usar no dia a dia. Disponível até a copa F (52 BR). intimissimi.com.br

Continua após a publicidade

Publicidade