CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Por que os herdeiros da Gucci ameaçam processar Ridley Scott por filme

House of Gucci é "espetáculo falso e injusto", classificou a família sobre a forma com que os personagens foram retratados no filme

Por Da Redação 1 dez 2021, 16h02

O filme “House of Gucci“, que estreou na última quinta-feira (25) no Brasil, conta a história da famosa grife e os eventos que culminaram no assassinato de Maurizio Gucci, encomendado por sua ex-esposa, Patrizia Reggiani. O longa-metragem, no entanto, não agradou os herdeiros da família.

Veja também: Patrizia Gucci: a saga de uma mulher em defesa de seu nome

Nessa segunda-feira (29), eles ameaçaram entrar com uma ação judicial contra o filme de Ridley Scott. A família Gucci acusa o diretor de retratar os membros da família como ‘ignorantes e insensíveis’.

“A família Gucci reserva-se o direito de tomar qualquer iniciativa para proteger seu nome e imagem, assim como os de seus familiares”, diz uma carta publicada pela agência de notícias italiana ANSA e assinada pelos herdeiros Gucci.

View this post on Instagram

A post shared by House of Gucci (@houseofguccimovie)

Continua após a publicidade

O comunicado diz que eles se sentiram particularmente ofendidos com a descrição de Patrizia Reggiani: “uma mulher condenada por ordenar o assassinato de Maurizio Gucci, [apresentada] como vítima”.

A família lamenta ainda que seus parentes foram retratados como “hooligans, ignorantes e insensíveis ao mundo a seu redor”. 

Para eles, apesar da intenção de contar a história real, o filme passa longe disso. “Isso é extremamente doloroso de um ponto de vista humano e um insulto ao legado em que a grife foi construída”, continua a carta.

Gucci é uma família que vive honrando o trabalho dos ancestrais, cujas memórias não merecem ser perturbadas para um espetáculo falso e injusto com os protagonistas”, finalizou.

Continua após a publicidade

Publicidade