Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Noéle Gomes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

A colunista Noéle Gomes reflete sobre ancestralidade, autoconhecimento e psicanálise.
Continua após publicidade

Sabença

Olhar (e honrar) a existência dos que vieram antes é também poder se enxergar na benção de caminhar em frente

Por Noéle Gomes
25 fev 2023, 09h54

É bem sabido que os conterrâneos mineiros, na pressa de deixar o coração falar, acabam engolindo sílabas, sem querer ofender o português: há um charme único nessa expressão — é bem isso que você vai encontrar por aqui. Sou mineira, dessas que falam com os olhos, mãos e coração, e eu te convido a entrar em um movimento que preenche os espaços vazios deixando rastro de café e bolo de fubá, guiado de forma humana, simples e alegre, com sabedoria e bem viver. Pegue um banquinho, respira fundo e vem comigo.

Como de costume, peço sabença para entrar, ou sua benção para estar, pois tudo na minha vida chegou com a benção de quem veio antes de mim. Desde criança sonho com as letras, com o poder da conexão entre escrita e leitura, com o vínculo possível de ser criado, mesmo a longas distâncias, pela força da expressão. E olha onde esse sonho de criança me levou: até você.

Uma das sabedorias mais antigas dentro da minha família paterna é o reconhecimento da grandeza dos mais velhos. Falando de respeito (não de perfeição ou amor), honramos quem veio antes, pois é bem sabido que uma árvore frondosa e grandiosa só se mantém de pé porque possui a mesma força e tamanho em suas raízes. Nada pode ser grande fora, se não for gigante dentro: e esse será o nosso pontapé para a construção da nossa relação.

Trago, então, a nação Zulu, em África, como suporte desse pensamento. Eles possuem três leis imutáveis que regem sua jornada e são a base de uma vida sábia e próspera. Entre elas está a hierarquia, que fala sobre reconheSER que antes de você e para que você exista, outras pessoas foram necessárias no processo, outras pessoas abriram a estrada que você hoje caminha, outras pessoas plantaram o que você colhe e que essas pessoas compõem o ser que você é.

A hierarquia é respeito, conceder honra, e não porque essas pessoas são perfeitas, mas porque sem elas você não existiria, pois a vida é dada a partir de outras já existentes. Eu sempre disse que hierarquia não é sobre de amor, mas respeito incondicional, pois fala de humanidade, de reconhecer que o outro existe assim como eu, e, também como eu, erra, sofre, tem dores, atravessamentos, falhas, amores, sonhos, esperança, história, desejos.

Continua após a publicidade

Essa lei, ao ser aplicada na nossa vida diária, não justifica o que o outro fez, mas humaniza sua jornada. Assim como é com o outro, também é comigo; assim como eu mudo, o outro muda; assim como eu peço sabença para continuar, o outro também. 

Ao pedir sua benção, não estou pedindo aprovação ou um lugar de pertencimento, estou te dando a oportunidade de me desejar graças e, assim, recebê-las também. Afinal, toda benção dada é uma grande potência partilhada.

Então, eu te convido a me ler, tanto nas linhas, quanto nas entrelinhas. Eu te convido a sentir, a pensar, a se colocar diante de outros repertórios. Eu te convido a me conhecer e a se reconhecer. Eu te convido a conceder bênçãos por onde você passar, pois eu estou aqui, neste momento, te abençoando.

Eu estou aqui para ser uma ponte, dessas longas e firmes e que fazem seu papel com maestria, te levar do ponto A ao ponto B. Pois bem, eu cheguei. 

Continua após a publicidade

Sabença Claudia, sabença.

Noéle Gomes (@noelegomes) é mentora e psicanalista. Guia mulheres que impactam o mundo com a sua verdade.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.