Clique e assine com até 75% de desconto

Cientistas descobrem spray nasal que bloqueia infecção pelo coronavírus

O spray, de acordo com os cientistas, não é tóxico e promove uma barreira que impede a contaminação. Teste funcionou com furões

Por Da Redação Atualizado em 6 nov 2020, 11h36 - Publicado em 6 nov 2020, 12h30

Um estudo internacional divulgado ontem mostrou a eficácia de um spray nasal no bloqueio da infecção pelo novo coronavírus em furões. O teste feito em animais mostrou que o produto bloqueou completamente a absorção do vírus SARS- CoV-2 em furões.

A pesquisa publicada pelos cientistas ainda não foi revisada por pares, nem há testes em humanos, mas traz um ânimo no combate à pandemia de Covid-19. O spray, de acordo com os cientistas, não é tóxico e se trata de “um inibidor de lipopeptídeo dimérico (um composto ativo) que bloqueia a primeira etapa crítica de infecção”.

Segundo os cientistas explicam na pesquisa para que uma pessoa seja infectada é preciso que haja uma fusão entre o vírus e a membrana da célula hospedeira, na superfície celular ou na membrana endossômica.  E o spray promove justamente uma barreira que impede que isso ocorra, protegendo a célula da contaminação.

Financiada pelo National Institute of Health e pelo Columbia University Medical Center, a pesquisa reúne cientistas da Columbia University Medical Center dos EUA, Erasmus Medical Center na Holanda e Cornell University nos EUA. E, segundo reportagem do jornal New York Times, para que sejam feitos testes em humanos será necessária mais uma rodada de financiamento.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade