Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

“Não pensava em outra coisa”, diz padre Fábio de Melo sobre suicídio

"Eu ficava horas e horas do dia e da noite pesquisando na internet formas de morrer", desabafou Fábio de Melo

Por Da Redação - 24 jul 2020, 11h27

Mais uma vez, o padre Fábio de Melo resolveu abrir o coração sobre os distúrbios psicológicos que enfrenta. No passado, ele já falou sobre síndrome do pânico e depressão, alertando as pessoas para a seriedade destes problemas. Na última quarta-feira (22), durante uma live com o jornalista Felipeh Campos, ele foi indagado sobre pensamentos suicidas. 

“Quando eu tive a minha crise, eu não pensava em outra coisa. Eu ficava horas e horas do dia e da noite pesquisando na internet formas de morrer. Foi uma sombra muito difícil de ser enfrentada, um período extremamente doloroso pra mim”, respondeu. Essa fase aconteceu cerca de três anos atrás, segundo o padre. 

A saúde mental tem sido um tema muito debatido durante a pandemia. Isolamento social, crise financeira e o medo de contrair a Covid-19 são fatores que podem acentuar a depressão e ansiedade, por exemplo. Por isso, a atenção precisa ser redobrada. Fábio de Melo falou sobre esses aspectos do momento atual.

“Minha maior preocupação foi contornar aquilo que eu sei que é uma fragilidade minha, a minha saúde emocional”. Ele também abordou um sentimento comum a inúmeras pessoas durante a pandemia: a frustração por ter que cancelar ou adiar projetos de vida. 

“Tinha programado estudos, ficar um tempo fora do Brasil estudando e nada disso foi possível. Eu precisar administrar a ansiedade de não poder concretizar aquilo que eu havia planejada. Eu tinha muito receio do fato de não dar continuidade àquilo que estava sendo tão esperado por mim, tinha medo que essa ansiedade de ficar trancafiado pudesse ser um gatilho para voltar esse processo de síndrome do pânico”.

Continua após a publicidade
Publicidade