Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Você é o que come? Como a alimentação interfere no humor

Arroz, banana, feijão e abacate são alimentos ricos em triptofano, aminoácido que atua na regulação do sono e do humor

Por Sarah Catherine Seles (colaboradora) Atualizado em 1 set 2021, 13h13 - Publicado em 1 set 2021, 15h00

A endorfina, conhecida como o hormônio da felicidade, é liberada quando praticamos exercício físico. Mas aquela ótima sensação de bem-estar também pode ser resultado de alimentos específicos. SIm, é possível melhorar nosso humor através da alimentação.

A nutricionista Larissa Silva explica que ter uma alimentação saudável, variada, rica em frutas e vegetais pode ter um impacto significativamente positivo no humor. No entanto, é importante manter o equilíbrio e não abusar de alguns ingredientes.

Quais são os alimentos amigos do humor?

Larissa explica que existem diversos nutrientes presentes em alguns alimentos que auxiliam na melhora do humor. O triptofano, por exemplo, é um aminoácido essencial que atua na regulação do sono e do humor. Arroz, banana, feijão e abacate são alimentos ricos nesse nutriente.

O cacau também é uma fonte de triptofano, por isso, estimula a produção de serotonina, que, segundo a nutricionista, é um neurotransmissor que melhora o humor e traz a sensação de bem-estar e prazer. É daí que vem aquela sensação boa de quando comemos um chocolate.

chocolate
Chocolate melhora o humor e traz a sensação de bem-estar e prazer FotoDuets/Getty Images

Já o peixe é um alimento rico em ômega 3, que contribui para a ativação de receptores dos neurotransmissores também estimulando o bom humor. As oleaginosas também são ótimas aliadas do humor, como as nozes e as castanhas. Elas contêm ácido fólico que atua no desenvolvimento das funções cerebrais, contribuindo para  a melhoria da capacidade cognitiva e da saúde emocional.

Impactos negativos

É preciso, porém, ficar atento a alimentos que contém substâncias estimulantes como a cafeína, presente no café, por exemplo. “Quando utilizados em excesso ou em horários muito próximos ao período da noite, podem atrapalhar o sono, impactando negativamente o humor”, explica a profissional.

Cup of coffee with coffee beans on a brown wooden background
Cafeína em excesso pode atrapalhar o sono, impactando negativamente o humor 5second/ThinkStock

O efeito contrário também pode ocorrer quando as refeições não são balanceadas. “Uma alimentação desregrada, baseada em alimentos industrializados ultraprocessados, açúcares, gordura trans, conservantes e etc; tende a afetar negativamente o humor, uma vez que a inflamação gerada pode reduzir os níveis de serotonina“, afirma.

Se nosso humor fica melhor quando nos alimentamos bem, por outro lado, a má alimentação está ligada a diversas consequências ruins para nossa saúde. “Sensação de cansaço frequente, indisposição, desconforto gastrointestinal, entre outros. Quando associada a um estilo de vida sedentário, esse impacto negativo tende a ser ainda maior”, alerta a nutricionista.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade