Clique e assine com até 75% de desconto

Primeira tripulação de mulheres a ir ao espaço é homenageada pelo Guinness

Uma das astronautas também bateu o tempo recorde que uma mulher permaneceu na Estação Espacial

Por Da Redação Atualizado em 23 out 2020, 19h36 - Publicado em 23 out 2020, 20h00

A primeira tripulação feminina a ir ao espaço, composta pelas astronautas Christina Koch e Jessica Meir, foi homenageada pelo Guinness World Records nesta segunda-feira (19). O feito estará registrado na edição do livro de 2021.

Em outubro de 2019, além do pioneirismo, Christina ainda bateu recorde de permanência na Estação Espacial Internacional, o período durou 328 dias. Para ela, o recorde ser quebrado o quanto antes representará mais avanço. “Porque isso significa que a Nasa continua a ultrapassar os limites e continuamos a explorar.”.

Para o Livro dos Recordes, Jessica Meir compartilhou o reconhecimento com outras mulheres e minorias. “Não vemos isso como uma conquista pessoal, mas sim como uma homenagem a gerações de mulheres e outras minorias, que realmente ultrapassaram os limites e realmente quebraram os tetos de vidro para nos permitir chegar onde chegamos, naquele dia”, ofereceu a homenagem.

Em 1978, as profissionais deixaram de ser minoria nas viagens espaciais da Nasa com a contratação de seis astronautas. Entre 2013 e 2017, a agência conquistou uma equiparação de gênero e a expectativa é que para os próximos anos a presença das mulheres seja superior a de homens na Estação Espacial Internacional.

Christina Koch e Jessica Meir tiveram a missão de substituir uma unidade de carga e descarga de uma bateria com defeito na estrutura externa da Estação Espacial. A atividade demorou 7 horas e 23 minutos fora da Estação Espacial Internacional.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade