No Dia dos Pais, homem mata filha de 7 meses e é preso em flagrante

Diogo Morais Justino precisou ser escoltado pela polícia para não ser agredido

Diogo Morais Justino matou a filha de 7 meses no último Dia dos Pais (11). O caso aconteceu em Sapezal, cidade a 473 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso. O homem havia passado o fim de semana com a bebê e, após o crime, precisou ser escoltado pela Polícia para não ser linchado.

De acordo com a Polícia Militar, ele tentou cometer suicídio após o assassinato. Ele foi socorrido e levado para um hospital da região. Após ser atendido, foi encaminhado para uma delegacia e preso em flagrante. Ainda segundo a corporação, ele e a mãe da criança são separados.

A menina foi então passar a data comemorativa com o pai, que, segundo a linha de investigação, não aceitava o fim de seu relacionamento. Ele chegou a ligar para a ex-mulher e disse que ‘resolveria o problema’. A Polícia diz ainda que ele tem histórico de problemas psiquiátricos e que isso pode também ter sido uma das motivações do crime.

Os policiais encontraram a criança já morta sobre o peito de Diogo. Uma chave de fenda estava ao lado dos dois. Os investigadores ainda encontraram duas facas molhadas e uma esponja suja de sangue.