Clique e assine com até 75% de desconto

Harvey Weinstein deverá pagar quase 19 milhões de dólares às vítimas

O acordo foi feito de maneira coletiva com as nove vítimas que movem ações contra o ex-produtor

Por Da Redação Atualizado em 1 jul 2020, 12h16 - Publicado em 1 jul 2020, 11h29

A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, anunciou que Harvey Weinstein terá que pagar 18,875 milhões de dólares às vítimas de abuso sexual e estupro que movem ações contra ele. O acordo foi feito coletivamente com nove vítimas e ainda precisa ser aprovado por dois tribunais.

Esse dinheiro deve ser divido também entre outras vítimas, cujos nomes não constam no processo, e ex-funcionárias da The Weinstein Company. A promotoria entende que a empresa também precisa ser responsabilizada pelos crimes cometidos pelo ex-produtor. “Harvey Weinstein e The Weinstein Company falharam com suas funcionárias. Depois de todo o assédio, ameaças, discriminação e discriminação de gênero, estas sobreviventes finalmente receberão algo de justiça”, declarou Letitia.

Em fevereiro, Weinstein foi condenado a 23 anos de prisão por ato sexual criminoso e estupro. Ele é acusado de todo tipo de abuso sexual e comportamento predatório por quase 90 mulheres, incluindo Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow. O escândalo veio à tona em outubro de 2017, através de reportagens do The New York Times e do The New Yorker.

  • Publicidade