Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Elefante-marinho nada ao lado de banhistas no Arpoador

Apesar de incomum, aparição pode ser explicada pela natureza vagante do animal, explicou biólogo

Por Da Redação - Atualizado em 13 jul 2020, 17h25 - Publicado em 13 jul 2020, 19h30

Um visitante inusitado marcou presença na praia do Arpoador, Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (13). Nadando tranquilamente ao lado de banhistas e surfistas, um elefante-marinho se aproximou o suficiente da areia e foi fotografado pela uruguaia Agnes Dietrich.

Agnes Dietrich/G1

Ao G1, a fotógrafa, que já havia visto outros animais da espécie em Punta del Este, contou que, apesar de rápida, a passagem do mamífero fez a alegria das pessoas que frequentavam a praia naquele horário. “A galera ficou muito feliz de ver, eles correram pra ver onde ele ia”, disse, explicando que o elefante-marinho saíra da altura do Posto 8 de Ipanema.

Helena Barreto/G1

Gabriel Melo, surfista que também estava no local, relatou ter se espantado com o tamanho do animal. “A gente estava no mar e de repente começou a passar. Todo mundo parou, ficou olhando e meio apreensivo, mas ele passou tranquilo pela beira, não passou pelo fundo. É um bicho grande, devia ter uns 3 metros. A galera toda ficou parada no fundo porque não queria se aproximar”, contou.

Helena Barreto/G1

Outra fotógrafa que também se encontrava na praia, Helena Barreto também se surpreendeu com a proximidade: “Eu já vi em zoológico, em aquário e em São Francisco. Eu nunca imaginei que fosse chegar tão perto e ver esse bicho incrível. Foi muito incrível. Muito próximo.”

Agnes Dietrich/G1

Também ao G1, o biólogo marinho Salvatore Siciliano, da Fiocruz, explicou que a aparição é rara e que o animal deve ter menos de 2 anos. “Não é comum, mas de certa forma esperado. São indivíduos vagantes, costuma acontecer”, declarou o biólogo.

O que você precisa saber sobre gravidez em tempos de pandemia

 

Continua após a publicidade
Publicidade