Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

The Voice: refugiado do Haiti que sobreviveu ao terremoto emociona a todos

Depois de passar pelo trauma do terremoto que dizimou o Haiti em 2010, Guipson Pierre decidiu que iria seguir seu maior sonho: ser cantor.

Por Júlia Warken - Atualizado em 16 jan 2020, 11h14 - Publicado em 25 jul 2018, 09h59

Da maneira mais singela possível, o refugiado haitiano Guipson Pierre roubou a cena no “The Voice” dessa terça-feira (24). Antes de subir ao palco, o moço contou a Tiago Leifert que o pai não lhe deixava tentar a carreira cantor, mas depois de sobreviver ao terremoto de 2010, ele decidiu que devia seguir seu sonho.

“Não tinha mais como sonhar com uma vida melhor. A única coisa que eu podia fazer para tirar [da cabeça] o medo, a frustração e a fome ao meu redor era cantar”, disse Guipson aos jurados, depois de cantar “Love Yourself”, de Justin Bieber, em uma versão deliciosa de reggae.

Apenas Carlinhos Brown e Michel Teló viraram a cadeira, mas Ivete Sangalo e Lulu Santos também se contagiaram pela simplicidade e pela história do hatiano. Para participar do programa, ele disse que largou o emprego em Valinhos, cidade do interior de São Paulo onde mora atualmente.

https://www.youtube.com/watch?v=1gcbq-BrZyQ

Continua após a publicidade

Ivete lhe perguntou que tipo de música ele cantava na terra natal e Guipson abriu a voz em francês, à capela, seguido pelas palmas da plateia. De arrepiar! Depois, todo animado, descontraiu o clima cantando “Ai Se Eu Te Pego”, de Michel Teló.  “A primeira vez que eu escutei uma música no Haiti [brasileira, provavelmente], era uma música dele. Eu gostei tanto”, disse o competidor. “É uma honra pra mim, cara. Que coisa boa ouvir isso”, respondeu o sertanejo.

Guipson escolheu Brown como seu mentor e abraçou a todos os jurados. A audição dele no “The Voice” certamente já é um dos pontos altos dessa edição do programa. Bonito demais!

Publicidade