CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Fãs pedem saída de Depp de filme por caso violência doméstica

Escalação do ator para "Animais fantásticos: Os crimes de Grindelwald" causa incômodo no público que acompanha o universo de Harry Potter

Por Maria Beatriz Melero 17 nov 2017, 15h08

Na última quinta-feira (16), foi divulgado o título da continuação de Animais Fantástico e Onde Habitam. O novo filme da Warner Bros derivado da saga Harry Potter irá se chamar Animais fantásticos: Os crimes de Grindelwald.

Porém, a novidade não foi recebida com muito entusiasmo pelos fãs da franquia criada por J. K. Rowling. O desânimo do público deve-se à permanência de Johnny Depp, que interpreta o vilão Grindelwald, no elenco do longa.

No final de 2016, o ator foi acusado pela ex-esposa, a atriz Amber Heard, 31 anos, de violência doméstica. De acordo com Amber, eram comuns agressões verbais e físicas por parte de Depp nos quatro anos em que os dois estiveram casados.

Leia mais: Violência doméstica contra a mulher: quando você pode – e deve – acionar a justiça

Diante das acusações de Amber, boa parte dos fãs do universo bruxo questionou, nas redes sociais, a permanência de Depp na produção. No final do ano passado, após a estreia de Animais Fantástico e Onde Habitam, em que ele já integrava o elenco, a escritora  J. K. Rowling, criadora do universo Harry Potter apoiou o trabalho do ator no filme. “Estou muito feliz. Ele fez coisas incríveis com o personagem“, disse ao The Mirror

Agora, com a divulgação do nome do segundo longa e a foto oficial dos personagem – em que Depp está presente – os fãs voltaram a expressar sua indignação com a escalação do ator.

Veja algumas críticas dos fãs brasileiros:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Leia mais: 7 provas de que o universo Harry Potter não é só para crianças

A mobilização pela saída de Depp vem na mesma época em que denúncias de violência de gênero têm repercutido em Hollywood. Nesta semana, o produtor Brett Ratner foi afastado da sequência de Mulher Maravilha após ser acusado de assédio e má conduta sexual por atrizes.

Além de Brett, o criador da série One Tree Hill, Mark Schwahn, o produtor Harvey Weinstein e os atores Steven Seagal, Ed Westwick e Kevin Spacey também foram acusados de assédio sexual.

Leia mais: Ex-goleira dos EUA acusa presidente da FIFA de assédio sexual

A repercussão do caso de Spacey, por sinal, fez com que a Netflix suspendesse as filmagens da sexta temporada de House of Cards, série do qual é protagonista. O ator também foi cortado dos filmes em que iria estrelas, Gore e All the Money in the World. Nos longas, as cenas que o artista havia gravado serão refeitas por outras pessoas.

“@jk_rowling @FantasticBeasts @wbpictures se Kevin Spacey pode ser substituído no último minuto por ser pedófilo, então Johnny Depp não poderia ser substituído por ser culpado [no caso] de violência doméstica?”, questiona a fotógrafa e escritora Emily Jessee.

Continua após a publicidade

Animais fantásticos: Os crimes de Grindelwald é baseado no livro Animais Fantásticos e Onde Habitam (editora Rocco, 128 páginas), escrito por J.K. Rowling. O novo filme da série de longas derivados da saga Harry Potter estreia em 16 de novembro de 2018 aqui no Brasil.

Continua após a publicidade
Publicidade