Clique e assine com até 75% de desconto

Barack Obama revela promessa que fez ao se tornar pai

O ex-presidente dos EUA fez um relato sobre a ausência do seu pai na sua criação e como isso impactou na relação com as suas filhas

Por Da Redação Atualizado em 16 nov 2020, 17h12 - Publicado em 16 nov 2020, 18h00

O lado político de Barack Obama é conhecido por boa parta da população, que o acompanhou como presidente dos EUA. Mas, principalmente após o fim dos seus dois mandatos, o lado humano dele começou a ser cada vez mais destrinchado. Inclusive, essa parte mais pessoal poderá ser vista hoje (16) no Programa do Bial, da Rede Globo, em uma entrevista exclusiva.

Por conta do lançamento do seu livro A Promised Land (em português, Uma Terra Prometida), da Companhia das Letras, o presidente abriu fatos íntimos da sua vida, como o relacionamento com a esposa, a advogada Michelle Obama, e suas filhas Sasha e Malia. A publicação é um compilado de memórias de Barack no período em que assumiu a Casa Branca.

Neste sábado (14), em seu perfil oficial do Instagram, Obama postou um registro antigo da sua família com uma reflexão sobre o seu papel como pai e a ausência dessa figura paterna na sua vida. No mesmo post, o autor ainda deu spoiler da dedicatória do seu livro, em que aparece escrito: “Para Michelle – minha parceira de amor e vida e Malia e Sasha – cuja luz deslumbrante torna tudo mais brilhante”.

View this post on Instagram

A post shared by Barack Obama (@barackobama)

“O fato de meu próprio pai ter estado ausente desde minha infância ajudou a moldar minhas ideias sobre o tipo de pai que eu pretendia ser. Quando Malia nasceu, fiz uma promessa a mim mesmo que meus filhos me conhecessem, que eles crescessem sentindo meu amor de forma aguda e consistente, sabendo que eu sempre os colocaria em primeiro lugar”, desabafou.

Continua após a publicidade

Ainda na legenda, Barack relembrou como era a rotina da família dentro da Casa Branca. “Enquanto servia como presidente, fiz questão de jantar com Michelle, Sasha e Malia todas as noites às 18h30. Comíamos boas refeições e atualizávamos nossos dias ”, escreveu. Sobre as filhas, que hoje têm 19 e 22, ele pontua orgulhoso: “Vê-las crescer e se tornarem jovens inteligentes, fortes e compassivas que se tornaram foi a maior alegria da minha vida. Sou constantemente lembrado de que não há lugar no mundo que eu preferisse estar do que com Miche e nossas garotas – e é por isso que dediquei minhas memórias a elas”.

O livro, que deve ser o primeiro de dois volumes, segundo a People, ainda mostra como a presidência impactou no casamento de Barack e Michele e os caminhos que o casal encontrou para preservar o afeto e a vida pessoal diante dos holofotes. Adquira o seu exemplar nesta pré-venda da Amazon. O lançamento será nesta terça-feira (17).

Leia também:

Em seu podcast, Michelle Obama fala sobre altos e baixos no casamento

Michelle Obama conta que está sofrendo com “depressão em grau leve”

O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

Continua após a publicidade
Publicidade