Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Michelle Obama revela fertilização in vitro para engravidar

Em entrevista a programa americano, a ex-primeira dama dos Estados Unidos também contou ter sofrido aborto espontâneo

Por Lia Rizzo
Atualizado em 9 nov 2018, 14h41 - Publicado em 9 nov 2018, 14h38

De acordo com a OMS, 25% dos casais em idade reprodutiva no mundo terão ou têm problemas para engravidar. E nesta sexta-feira, Michelle Obama, esposa do ex-presidente americano Barack Obama, contou em uma entrevista que ela e o marido fizeram parte desta estatística. Mãe de duas meninas,  Malia, 20, e Sasha, 17, ela revelou ter recorrido à fertilização in vitro para conseguir engravidar.

Entre outras revelações feitas durante uma participação no programa americano “Good Morning America”, ela lembrou ainda o aborto espontâneo que sofreu há 20 anos. Na ocasião, conta, se sentiu “perdida e sozinha, como se tivesse falhado” já que desconhecia o alto índice de interrupções involuntárias nas primeiras gestações. “E numa situação assim, nos fechamos em nossa própria dor, pensando que, de alguma forma, estamos quebradas”, relatou a americana.

A ex-primeira dama Michelle Obama, que contou ter feito fertilização para gerar suas duas filhas. (GettyImages/Getty Images)

Maternidade em pauta

Michelle, que antes da eleição de Barack Obama atuou como advogada e administradora de um hospital, decidiu pela fertilização quando completou 34 anos. Momento em que, segundo ela, se deu conta de que o relógio biológico não podia mais esperar.

Continua após a publicidade

Todas as vivências em sua jornada para ser mãe também a despertaram para a necessidade de falar com jovens e futuras mães, além de compartilhar experiências reais sobre o próprio corpo e o funcionamento dele. Não a toa, o assunto ganhou muita relevância em seu livro de memórias, “Becoming Michelle Obama” (Tornando-me Michelle Obama), que será lançado mundialmente no dia 13 de novembro.

O livro traz ainda detalhes poucos conhecidos da vida da ex-primeira dama, desde a infância em Chicago até sua entrada na Universidade de Princeton e o início do relacionamento com Obama, quando insistia em ser apenas amiga de seu futuro marido.

Leia também: Michelle Obama lança livro de memórias

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.