Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação

Nossa equipe trouxe alguns dos destaques da noite mais aguardada do cinema para você ficar de olho, caso ainda não tenha dado o play nos filmes

Por Kalel Adolfo e Paula Jacob
2 mar 2023, 07h37

A cerimônia do Oscar 2023 está marcada para acontecer no domingo, 12 de março, no tradicional Teatro Dolby, em Los Angeles, na Califórnia. Como adoramos acompanhar os lançamentos do cinema e da TV, estamos mais do que ansiosos para ver não só os atores, atrizes e diretores cruzando o tapete vermelho da premiação, mas também (e claro!) torcer para os nossos favoritos levarem para casa as tão almejadas estatuetas douradas. Aqui, você confere as apostas da redação de CLAUDIA e você, já tem os seus prediletos?

Elvis

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação
(Divulgação/Divulgação)

É impossível ficar parada assistindo à cinebiografia de um dos maiores astros do rock mundial. Mas, para além da ótima atuação de Austin Butler, o filme é uma chuva de excelentes referências visuais. A começar pelo figurino, assinado pela premiada Catherine Martin com colaboração especial de Miuccia Prada — os atores usam Miu Miu e Prada em diversas cenas. Há também um trabalho especial e vibrante dos olhos de Mandy Walker na direção de fotografia (ela é a terceira mulher, em 95 anos de Oscar, a concorrer na categoria). Um viva para elas! Disponível na HBO Max.

Os Fabelmans

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação
(Divulgação/Divulgação)

O diretor Steven Spielberg entregou um dos melhores filmes de sua carreira com Os Fabelmans. Ao todo, o longa metragem foi indicado a sete categorias, incluindo Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Atriz, para Michelle Williams. A celebrada obra, que é uma semi autobiografia do cineasta, mistura ficção e realidade para abordar os dramas familiares que marcaram a trajetória de Spielberg e o ajudaram a se tornar uma das maiores lendas da indústria. Já nos cinemas!

Continua após a publicidade

A Baleia

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação
(Divulgação/Divulgação)

Após se afastar dos cinemas por mais de uma década, devido a um triste caso de assédio sexual que vivenciou em 2003, Brendan Fraser experimenta uma merecida reviravolta em sua carreira. Isso porque, com A Baleia, filme dirigido por Darren Aronosfky (Cisne Negro), o astro conquistou a sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Ator. Ele concorre ao lado de nomes como Colin Farrell, Paul Mescal e Austin Butler. Em cartaz.

Entre Mulheres

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação
(Divulgação/Divulgação)

O longa metragem, com estreia marcada nas salas de cinema para 2 de março, foi indicado a Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado, mas ficou de fora da categoria de Melhor Direção. Baseado na obra literária homônima de Miriam Toews, publicada em 2018, ele tem direção de Sarah Polley e retrata a reunião de oito mulheres que, num curto período de tempo, precisam tomar uma difícil decisão: fugir de um vilarejo repleto de homens assediadores, num contexto extremamente sexista, ou lutar contra esses criminosos.

Continua após a publicidade

Tár

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação
(Divulgação/Divulgação)

Ela é aquele tipo de atriz que consegue tirar qualquer um de casa para ir ao cinema. E em Tár, escrito e dirigido por Todd Field, não é diferente. Apesar do filme ter alguns relapsos de roteiro e uma certa objetificação da loucura feminina, Cate Blanchett segura as mais de duas horas e meia de monólogos sobre música clássica no papel da maestrina Lydia Tár. Obcecada com a profissão e extremamente focada com a sua carreira, ela enfrenta as consequências psicológicas de estar à frente da Orquestra Filarmônica de Berlim e das escolhas na vida pessoal. O Globo de Ouro, o Critics Choice Awards e o BAFTA de Melhor Atriz já vieram… Em cartaz.

Pinóquio

Oscar 2023: as apostas da redação de CLAUDIA para a premiação
(Divulgação/Divulgação)

Guillermo del Toro não cansa de brincar com o coração dos adultos que amam animações e o seu autoral universo lúdico. A história todo mundo sabe: um homem quer companhia e resolve dar vida à um boneco de madeira. A falta de pertencimento de Pinóquio na sociedade, porém, o faz buscar seu lugar no mundo — mas aventuras existencialistas cruzam seu caminho. Feito em stop motion, Pinóquio é daqueles para guardar no coração. Tem na Netflix ;).

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.