Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Conheça 2 tratamentos com carbono para os cabelos

O carbono é fundamental para a saúde dos cabelos, pois corresponde a cerca de 45% da composição da estrutura dos fios. Só que agressões diárias ou problemas capilares podem colocar o elemento em risco e aí é hora de procurar ajuda profissional.

Por Laís Barros Martins (colaboradora)
Atualizado em 21 jan 2020, 19h58 - Publicado em 7 ago 2015, 12h41

O profissional Arillson Chritstino, de São Paulo, apresenta duas técnicas que envolvem o carbono no tratamento dos cabelos:

1. Tricoterapia

A técnica de reposição de carbono, desenvolvida pela indústria química alemã, é recomendada para fios com saturação química, ressecados, enfraquecidos, quebradiços e sem vida. A aplicação é feita com cremes, máscaras e produtos específicos que permitem uma melhor absorção dos ativos e fortalecem a ligação entre os aminoácidos (proteínas) ao corrigir a porosidade da fibra e reter a água nos fios, o que potencializa a hidratação, o brilho e a maciez. Além disso, aumenta a resistência e a elasticidade, formando uma espécie de barreira protetora contra as agressões do dia a dia, como química, secador, sol, poluição.

  • Contraindicações: Não há.
  • Periodicidade: de 15 a 30 dias, dependendo do nível de danificação dos fios.
  • Valor: cada aplicação custa em média R$ 120.

2. Carboxiterapia

A técnica para a desintoxicação da fibra é indicada em casos de queda, caspa e seborreia. Pequenas quantidades de CO2 (dióxido de carbono) são aplicadas sob a pele (derme) com microagulhas, o que provoca a dilatação dos vasos sanguíneos, aumentando a circulação no couro cabeludo. O método diminui drasticamente a queda, além de ajudar no crescimento dos fios ainda existentes e estimular o nascimento de novos fios onde ainda há raiz.

  • Periodicidade: de 5 a 10 aplicações iniciais, e uma sessão a cada 3 ou 4 meses para manutenção.
  • Contraindicações: gestantes, hipertensos descontrolados, pessoas com lesões no local da aplicação, doenças cardíacas, pulmonares ou câncer devem fazer uma avaliação anterior com equipe especializada. 
  • Valor: cada aplicação custa em média R$ 180.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.