Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Melhor lavar: estudo diz que álcool gel não mata bactérias como Salmonella

Não tem jeito, lavar as mãos com água e sabão é a melhor estratégia de limpeza e combate aos micro-organismos. Veja o passo a passo.

Por Daniella Grinbergas - Atualizado em 15 jan 2020, 09h05 - Publicado em 4 out 2019, 09h15

Eles ficaram tão populares que há quem troque a água e o sabão pelos práticos frasquinhos de álcool gel e outros desinfetantes. Mas se você é desse time, saiba que não está totalmente segura! É o que atestam pesquisas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), do governo norte-americano.

Segundo a agência, alguns germes importantes são resistentes a esses produtos, ao passo que a boa e velha lavagem das mãos com sabão resolveria o problema. Dentre os micro-organismos resistentes estão Salmonella, norovírus e algumas superbactérias, como Escherichia coli, que podem causar sérios danos à saúde.

E tem jeito certo de lavar:

  • Enxague as mãos
  • Passe sabonete em toda a superfície
  • Comece esfregando as palmas
  • Friccione a palma de uma mão no dorso da outra mão, entrelaçando os dedos. Repita invertendo as mãos.
  • Esfregue as pontas dos dedos de uma mão na palma da outra
  • Repita o passo anterior invertendo as mãos
  • Esfregue entre os dedos de cada mão
  • Lave bem os polegares
  • Esfregue bem os dorsos das mãos
  • Lave também os punhos
  • Tire bem o sabão e seque as mãos.
Lavagem mãos anvisa
Anvisa/Reprodução

    A lavagem deve durar uns 20 segundos.

    Continua após a publicidade

    Entretanto, vale destacar que o CDC afirma que o gel funciona bem para desinfetar em muitos outros casos e é uma boa alternativa quando não houver uma torneira por perto. Os mais eficazes são os que têm concentração de álcool superior a 60%, dê uma olhada nas informações da embalagem.

    Publicidade