Vitória Gabrielly morreu asfixiada com meia na boca, diz perícia

Adolescente sumiu em Araçariguama depois de sair de casa para andar de patins

A adolescente Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, morreu por asfixia, e não por estrangulamento. De acordo com os peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil de São Paulo, a adolescente tinha uma meia na boca.

Vitória Gabrielly desapareceu no dia 8 de junho, em Araçariguama, interior de São Paulo. Ela saiu de sua casa de patins, em direção a um ginásio.

A principal linha de investigação da polícia é que a jovem foi assassinada por engano e a motivação do crime seria uma vingança. “Nada indica [que ela fosse o alvo da vingança]. Não há histórico, passado ou recente, contra a família ou qualquer parente da vítima.” A polícia investiga “quem seria o alvo correto” dos assassinos de Vitória, segundo o delegado Marcelo Carriel à Folha.

Leia mais: Novidades no caso Vitória Gabrielly: ameças à mãe e digitais nos patins

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s