Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Polícia mata suspeitos de terem estuprado e assassinado mulher

Crime aconteceu na semana passada, na Índia, e chocou o país; policiais balearam os suspeitos na reconstituição do crime

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 11h07 - Publicado em 6 dez 2019, 16h00

A polícia da Índia matou, nesta sexta-feira (6), quatro homens acusados de terem estuprado e matado uma mulher de 27 anos. Segundo os agentes, os suspeitos, presos na semana passada, foram baleados ao tentarem fugir da reconstituição do crime, na cidade de Hyderabad, na região sul do país asiático. As informações são da AFP.

“Eles foram mortos a tiros. Tentaram roubar as armas dos guardas, mas foram mortos. Chamamos uma ambulância, mas morreram antes da chegada dos médicos”, disse Prakash Reddy, vice-comissário da polícia de Hyderabad.

A jovem, que era veterinária, foi sequestrada pelos homens no dia 27 de novembro enquanto tentava ligar sua motocicleta. Os suspeitos abordaram a vítima após furarem o pneu de seu veículo propositalmente antes de ela chegar. Quando a jovem apareceu, eles ofereceram ajuda.

A vítima chegou a ligar para sua irmã e contar sobre os problemas com a moto e sobre o grupo de homens que ofereceu ajuda. Segundo a familiar da vítima, a veterinária estava com medo. Quando a irmã tentou ligar de volta, o telefone já estava desligado.

Continua após a publicidade

O corpo da jovem foi encontrado no dia 28 embaixo de uma ponte e carbonizado. Os criminosos usaram gasolina e atearam fogo contra ela, segundo a polícia.

O caso chocou o país, onde a violência sexual contra as mulheres é bastante recorrente. Mais de 33 mil estupros foram registrados na Índia em 2017, sendo que 10 mil vítimas eram menores de idade, segundo dados oficiais.

Leia também: Mulher é morta pelo namorado no dia do aniversário

+ Nos EUA, criança morre ao tentar salvar cachorro de incêndio

Continua após a publicidade

PODCAST – Como consumir menos, de forma consciente e inteligente

 

Publicidade