CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Marília Mendonça morre em acidente de avião. Relembre sua trajetória

Os cinco tripulantes a bordo da aeronave faleceram, segundo informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros

Por Da Redação Atualizado em 6 nov 2021, 10h47 - Publicado em 5 nov 2021, 17h48

A cantora Marília Mendonça, 26 anos, morreu em um acidente aéreo na tarde desta sexta-feira (5) na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais. A aeronave, que caiu perto de uma cachoeira, levava mais quatro pessoas. Marília saiu de Goiânia para realizar um show em Minas na noite de hoje.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, diz nota, segundo o G1. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

Veja também: Famosos lamentam morte de Marília Mendonça

Além da cantora, o produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e o co-piloto do avião também faleceram, segundo o Corpo de Bombeiro e a assessoria da artista.

A compositora deixa o único filho, o Léo, de apenas 2 anos.

Continua após a publicidade

Rainha da sofrência 

Marília nasceu em Cristianópolis, em Goiás, no dia 22 de julho de 1995. Em suas composições, a artista sempre destacou o protagonismo feminino e a emoção, fórmula que a consagrou como a “rainha da sofrência” e voz do “feminejo”.

A ascensão da sua carreira aconteceu em 2016, quando estourou com os hits “Infiel” e “Eu sei de cor”. No entanto, o começo de tudo foi na igreja, aos 12 anos de idade. Ao longo do tempo, suas letras foram atraindo olhares de grandes artistas do sertanejo, como Jorge & Mateus, Wesley Safadão e Cristiano Araújo.

View this post on Instagram

A post shared by Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora)

O público pode acompanhar ainda mais de perto o seu trabalho por meio do projeto Todos Os Cantos. O álbum, que traz as músicas “Ciumeira”, “Bem Pior Que Eu”, “Todo Mundo Vai Sofrer” e “Supera”, se transformou em uma turnê. Nela, Marília fazia shows gratuitos por várias regiões do país.

O último trabalho dela foi as “Patroas”, em que dividia os vocais com as amigas e cantoras Maiara e Maraisa. O projeto lançado ano passado ganharia uma turnê a partir de 2022.

Continua após a publicidade

Publicidade