CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Kathy Hochul assume governo de NY e prioriza mulheres no gabinete

A nova governadora assumiu o cargo antes ocupado por Andrew Cuomo, que renunciou após ser acusado e investigado por assédio sexual

Por Da Redação 24 ago 2021, 17h05

Kathy C. Hochul assumiu o governo de Nova Iorque, nesta terça-feira (24), tornando-se a primeira mulher a ascender ao cargo mais alto do estado.

A democrata de 62 anos passa a ocupar o posto de governadora do quarto estado mais populoso dos Estados Unidos. A posse foi oficializada em uma cerimônia privada no Capitólio do Estado de Nova York, que contou com a presença de sua família, da imprensa e de Janet DiFiore, a juíza-chefe do estado, que supervisionou a solenidade.

Kathy, que também é advogada e apresenta uma longa carreira política, assumiu o cargo após a renúncia de Andrew Cuomo. O ex-governador é investigado pela procuradoria-geral por conta de denúncias de assédio sexual feitas por 11 mulheres.

A nova governadora prometeu liderar o estado em meio a um cenário pandêmico e de incerteza econômica, enquanto inaugura uma nova era de civilidade e consenso no governo estadual.

Em fala à emissora de televisão WGRZ, Kathy Hochul disse que sente “o peso da responsabilidade” sobre seus ombros. “Direi aos nova-iorquinos que estou à altura da tarefa. Estou muito orgulhosa de poder servir como governadora e não vou decepcioná-los”, afirmou.

A governadora também comentou sobre o seu pioneirismo. “Eu pensei sobre todas as mulheres que vieram antes de mim, incluindo minha mãe que não está aqui, mas muitas mulheres ao longo da história, e eu senti que elas passaram a tocha para mim”,disse.

Grupos oprimidos 

Horas antes de prestar o juramento, Kathy Hochul anunciou que seu gabinete será formado preferencialmente por mulheres. A promessa não ficou apenas no campo das ideias, já que a nova governadora já nomeou duas profissionais para cargos relevantes: Karen Persichilli Keogh, que será a assessora sênior, e Elizabeth Fine, sua principal conselheira. 

Destaque por se envolver em causas sociais, Kathy sempre se colocou a favor dos direitos das mulheres e da população LGBTQIA+. Ela também apoia a descriminalização do aborto. 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade