Filho de Flordelis é preso logo após enterro do pastor Anderson do Carmo

Rapaz, que não teve nome divulgado, tinha um mandado de prisão por violência doméstica em aberto

Na manhã desta segunda (17), um dos filhos da deputada federal Flordelis (PSD) foi preso. Ele havia acabado de participar do enterro do padrasto, o pastor Anderson do Carmo, que foi morto a tiros na madrugada de domingo (16).

O carro em que estava a deputada e o filho foi abordado por agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), que traziam consigo um mandado de prisão por violência doméstica.

Wilson Witzel (PSC), governador do Rio, disse horas antes que “há suspeita sobre um dos filhos adotados”. “Não sei se formalmente ou informalmente teria praticado o crime. Agora está nessa linha de investigação. Entendemos que é um fato lamentável, e espero que tudo seja rapidamente esclarecido. Vamos acompanhar a investigação.”

No enterro, Flordelis rechaçou a hipótese de que um de seus filhos adotivos seja o autor do crime. “Isso é ridículo, acusar alguém sem provas”, garantiu.

O caso

Anderson Carmo, marido da deputada federal Flordelis (PSD), foi assassinado na madrugada deste domingo (16) em Pendotiba, Niterói. Ele foi baleado diversas vezes por volta das 4h, pouco tempo depois de chegar em casa.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Uma perícia foi realizada no local e no carro de Anderson.

O casal voltava de uma confraternização e a deputada relatou a sensação de estar sendo seguida por duas motos. Quando chegaram em casa, Anderson voltou até a garagem para buscar algo que tinha esquecido e foi alvejado por tiros.

Leia mais: Sogra de Rafael Miguel quebra o silêncio: “Foram 21 anos de violência”

+ Os últimos dias da menina de 10 anos que nasceu com raríssima condição

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA