Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Alunas denunciam assédio em colégio particular do Rio de Janeiro

Relatos envolvem abusos por parte dos docentes a alunas e omissão da diretoria da instituição com a situação

Por Da Redação - 18 ago 2018, 16h21

Um grupo de alunas do Rio de Janeiro se mobilizou na última sexta-feira (17) para denunciar assédios por parte de professores e outros funcionários na escola que frequentam.

Por meio da hashtag #AssedioÉHabitoNoPensi, as estudantes denunciaram casos ocorridos no colégio Pensi, instituição de ensino privado da capital fluminense, e conseguiram chamar atenção não só de internautas – o termo elencou o trending topics da rede social – como atraiu olhares de personalidades.

Os relatos envolvem principalmente casos em que houve abusos por parte dos docentes em seu relacionamento com as alunas e na omissão da diretoria da instituição com a situação.

 

Além de meninas que atualmente estudam no colégio, ex-estudantes também relataram casos de assédio e acusaram a direção de ter afastado uma professora que denunciou as ocorrências.

Em nota, publicada em sua conta no Twitter, o colégio Pensi reforçou sua posição de repúdio contra o assédio e disse estar aberto a ouvir a comunidade escolar para apurar as denúncias feitas pelos estudantes.

A escola também notificou que as investigações referentes aos casos denunciados já estão sendo apurados.

Leia mais: Ligue 180 recebe denúncia de assédio

Continua após a publicidade

+ Assédio sexual e moral no trabalho: como identificar e denunciar?

 

Publicidade