Clique e assine com até 75% de desconto

África está livre da poliomielite, anuncia OMS

Considerada epicentro da doença na década passada, a Nigéria foi o último país do continente a erradicar a pólio

Por Da Redação Atualizado em 16 set 2020, 13h50 - Publicado em 26 ago 2020, 17h20

Quatro anos após os últimos registros de casos no continente, a poliomielite está oficialmente erradicada na África. A conquista foi anunciada nesta terça-feira (25), em conferência da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Genebra, Suíça. Agora, com exceção daqueles derivados do vírus presente na vacina, casos de contágios da doença podem ser encontrados apenas no Afeganistão e o Paquistão.

A Nigéria, que na última década era considerada epicentro da pólio, foi o último país africano a ser declarado livre da doença. Para tanto, foi necessário um grande trabalho de conscientização, além de driblar conflitos de grupos extremistas como Boko Haram e o Estado Islâmico da África Ocidental (Iswap). Em algumas regiões, as campanhas de vacinação precisaram ser organizadas com proteção do exército e de milícias de autodefesa.

“Graças aos esforços mobilizados por governos, profissionais de saúde e comunidades, mais de 1,8 milhão de crianças foram salvas desta doença”, informou o comunicado da OMS. Para a agência de notícias AFP, o médico nigeriano Tunjui Funshuo, membro do comitê Pólio Nigéria, da associação Rotary International, declarou que se trata de uma “vitória formidável, um alívio”. “Há mais de 30 anos começamos este desafio. Dizer que estou feliz é um eufemismo!”

Transmitida por água, alimentos contaminados e também de pessoa para pessoa, a poliomielite é causada pelo poliovírus selvagem (PVS) e afeta principalmente crianças, podendo atacar o sistema neurológico e causar paralisia. Sua vacina foi criada na década de 1950, mas por muito tempo países da África e da Ásia permaneceram sendo focos da doença. Atualmente, mais de 95% da população africana foi imunizada, uma das condições estabelecidas pela Comissão de Certificação Regional da África para que o poliovírus selvagem pudesse ser declarado erradicado no continente.

  • O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade