Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Victoria e David Beckham tiveram Covid e podem ter espalhado o vírus

Casal furou a quarentena duas vezes e mais pessoas acabaram contaminadas pelo coronavírus

Por da Redação - Atualizado em 10 set 2020, 20h07 - Publicado em 10 set 2020, 19h54

Uma viagem em março aos Estados Unidos teve consequências graves para o Victoria e David Beckham. Além de contaminados pelo novo coronavírus, os dois ainda são suspeitos de terem espalhado a doença para seus  funcionários.

O furo na quarentena foi divulgado nesta semana pelo jornal “The Sun” e teria incluído passagens por Miami e Los Angeles. O motivo da viagem seria celebrar a entrada do time de futebol Inter Miami, do qual David é sócio há alguns anos, na Major League.

Pouco depois de voltarem a Londres, os dois ainda promoveram uma festança para o filho mais velho, Brooklyn Beckham, e foi aí, nessa segunda quebra do isolamento social, que os problemas começaram a surgir.

No dia seguinte à festa, tanto Victoria quanto David começaram a se sentir mal e testaram positivo para Covid-19. Em seguida, funcionários do casal também tiveram sintomas da doença. Duas pessoas, diz o The Sun, ficaram em estado grave.

Todo o time de colaboradores foi posto em isolamento por duas semanas e receberam tratamento, custeado pelos Beckham.

Passado o pesadelo, como definiu um amigo do casal ao tablóide, Victoria partiu para uma ação filantrópica e determinou que 20% do lucro de sua marca sejam doados para bancos de alimentos tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos, enquanto durar a pandemia.

Relacionamento abusivo: saiba identificar se você está em um

Continua após a publicidade
Publicidade