Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Relembre as maiores polêmicas do Big Brother Brasil 19

Não teve casal legal, não teve briga... mas polêmica teve aos montes.

Por Fábio Garcia - Atualizado em 15 jan 2020, 20h36 - Publicado em 9 abr 2019, 17h59

Se fôssemos fazer uma lista das maiores polêmicas das duas edições anteriores do Big Brother Brasil, com certeza você veria uma matéria com dezenas de itens, dividida em várias partes etc. Já no caso do BBB19… bem, o programa não aconteceu.

Não teve repercussão do público, a audiência foi baixa e uma lista bem controversa de participantes disputa o prêmio final. Mesmo assim, podemos levantar algumas polêmicas para relembrar essa temporada que nem foi tão boa assim.

#01. Erros de Tiago Leifert

Essa edição será lembrada sempre por alguns erros de Tiago Leifert. O sempre efusivo apresentador chegou a se enrolar em algumas ocasiões, e em uma das vezes ele acidentalmente deu um spoiler do fim de uma prova que ainda não havia acabado.

Tiago Leifert polêmica no BBB19

Na verdade o apresentador só se confundiu e colocou Carolina Peixinho como a vencedora do desafio, mas o pessoal de casa usou isso como argumento para falar que o jogo é roteirizado. Até parece, né? Vamos torcer pra Tiago Leifert voltar mais concentrado na próxima temporada.

#02. Expulsões

Fábio do BBB19

O BBB19 bateu o recorde de participantes expulsos do programa. Antes do confinamento, Fábio foi limado da lista de competidores porque a Globo descobriu que ele era patrocinado por uma marca de roupas. Teve nem chance, foi cortado. O outro participante expulso foi Vanderson, que precisou sair da casa para resolver problemas judiciais (algumas mulheres o denunciaram por assédio).

Continua após a publicidade
Vanderson do BBB19

E por pouco não rolaram mais expulsões. Após denúncias de frases preconceituosas (calma que já vamos chegar lá!), o Decradi abriu um inquérito para analisar o comportamento de Maycon e Paula. O primeiro foi logo eliminado pelos meios normais (paredão mesmo), já Paula ainda precisará prestar depoimento, mas o Decradi optou por esperar a saída da moça do reality. O motivo? Porque eles precisariam também do depoimento da parte que sofreu o preconceito, no caso Rodrigo.

#03. Show de preconceitos

Se o reality foi fraco de brigas, no quesito preconceitos ele bateu todos os valores aceitáveis da televisão. Muitas declarações ofensivas foram emitidas dentro da casa mais vigiada do mundo, contra um leque bem grande de minorias. Diego e Gustavo, por exemplo, demonstraram comportamento e frases machistas durante o confinamento, ao analisarem a posição das mulheres no reality. Diego chegou a falar que mulher não poderia usar roupas curtas, por exemplo. Teve também espaço para comentários homofóbicos, como alguns feitos por Diego e Paula na intenção de determinar a orientação sexual de Rodrigo.

Mas o destaque negativo foram declarações racistas e de intolerância religiosa. Maycon e Paula falaram bem mal de religiões da matriz africana, chegando ao ponto de insinuar que Gabriela havia pedido para “seus deuses” deixarem Carolina doente. Isso sem falar nos comentários preconceituosos com negros e pobres, em diversas frases de Paula no confinamento que chocaram o pessoal aqui de fora.

#04. Maus tratos a animais

E quem diria que até animaizinhos seriam alvo de polêmica no reality? Não, não temos nenhum animal de estimação dentro da casa, mas Maycon virou polêmica com algumas frases sobre os bichinhos. Logo na primeira semana ele comentou sobre uma ~brincadeira~ de colocar uma bombinha no rabo de um gato… a repercussão foi tanta que Luisa Mell comandou um movimento para expulsar o participante da casa.

Maycon do BBB19

Maycon também ganhou os holofotes ao insinuar que teria feito sexo com animais. A declaração, que ele afirma ter sido apenas uma ~brincadeira~, acabou incomodando alguns outros participantes, que logo o mandaram para o paredão. Tenso, né?

Continua após a publicidade
Publicidade