CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Oprah dá mais detalhes sobre os atos de racismo por parte da Família Real

Oprah explicou nesta segunda-feira tudo o que conseguiu apurar detrás das câmeras sobre o trecho mais chocante da sua entrevista com Meghan e Harry

Por Da Redação 8 mar 2021, 14h08

A apresentadora americana Oprah Winfrey afirmou, nesta segunda-feira (8), em entrevista à emissora CBS, que a rainha Elizabeth II e seu marido, príncipe Philip, não estão envolvidos com os atos e falas racistas vindos da família real em relação a Archie, o primogênito de Meghan e Harry.

Em conversa com a  Gayle King, a apresentadora explicou ao vivo que Harry não revelou a ela a identidade de quem fez esses comentários, mas que teve a preocupação de deixar claro que não foram feitas por seus avós. 

“Ele não compartilhou a identidade comigo”, disse Oprah. “Mas ele queria ter certeza de que eu sabia, e se tivesse a oportunidade de compartilhar, que não era sua avó, nem seu avô que faziam parte dessas conversas.”

Na entrevista bombástica que Meghan Markle e Harry concederam a Oprah Winfrey, transmitida neste domingo (7), diversas revelações foram feitas por parte da duquesa de Sussex com relação a Família Real e seu curto tempo de convivência com os mesmos. Sem dúvidas, umas das revelações mais chocantes foi em referência aos comentários racistas feitos sobre Archie, o filho primogênito do casal.

Meghan, em um trecho da entrevista, disse que havia conversas e preocupações no meio da Família Real sobre “como a pele dele [Archie] poderia ser escura quando ele nascesse”. Ela também diz ter sido informada pelo Palácio de Buckingham de que seu filho não receberia o título de príncipe e, portanto, não receberia a segurança oficial a que têm direito os membros da realeza. 

Continua após a publicidade

Leia mais sobre as revelações de Meghan Markle em entrevista à Oprah.

Oprah disse que, durante sua entrevista com Meghan, ela tentou ter acesso à informação de quem eram os autores dos comentários racistas, tentativa essa que se repetiu por detrás das câmeras com o príncipe Harry, que também não quis compartilhar a informação.

“Essa conversa eu nunca vou compartilhar”, disse ele. “Foi estranho. Fiquei um pouco chocado.”

Harry apenas disse as referências à cor de pele da criança, feitas quando Meghan já era parte da família real em 2018, já haviam sido direcionadas também no início do namoro de ambos.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade