Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Harry e Meghan fazem rara aparição e discurso inédito na televisão

Foi a primeira vez que Harry e Meghan Markle apareceram juntos em uma transmissão feita pela televisão americana

Por Da Redação - Atualizado em 23 set 2020, 10h12 - Publicado em 23 set 2020, 11h00

Na noite de terça-feira 22, Harry e Meghan Markle apareceram pela primeira vez juntos na televisão dos Estados Unidos. O casal fez um discurso de estímulo para que os americanos participem das eleições presidenciais marcadas para novembro.Nos Estados Unidos o voto não é obrigatório. “Quando votamos, os nossos valores entram em ação e as nossas vozes são ouvidas”, disse Meghan.

O apelo foi transmitido pela emissora ABC e Harry lembrou que não pode votar, por não ser cidadão americano, mas reforçou sobre a importância de haver cuidado com a informação que se consome  e que se transmite nas redes sociais.“O que consumimos, o que expomos e aquilo com que nos comprometemos online têm um efeito real em nós”, disse Harry. Na Inglaterra, a família real também não tem direito ao voto.

A aparição fez parte de um programa especial para homenagear as cem pessoas mais influentes do mundo, escolhidas todo ano pela revista Time.  Por conta da pandemia, foi a primeira vez que a celebração dos mais influentes do mundo, geralmente feita em um grande evento, foi feita pela televisão.

Segundo Meghan, as homenagens verdadeiramente necessárias em 2020 devem se voltar a profissionais na linha de frente do combate ao coronavírus: “como os cientistas, investigadores e profissionais de saúde que lideraram a luta contra a Covid-19, ou as incontáveis pessoas que falam com paixão acerca das injustiças e da desigualdade e aqueles que se manifestam de forma silenciosa e protestam de maneira pacífica por aquilo que é justo e correto”.

Continua após a publicidade
Publicidade